Advertisement
Advertisement

Paul Pogba parece ter sido um dos mais satisfeitos com a saída de José Mourinho do comando técnico do Manchester United. O jogador francês teria celebrado com os seus colegas, no balneário, levando até à intervenção do adjunto Michael Carrick, que não gostou de ver toda aquela demonstração de felicidade, especialmente numa equipa que não vai nada bem na temporada. José Mourinho foi demitido das suas funções de treinador do Manchester United no início desta semana. Entretanto, o clube inglês já anunciou a contratação do norueguês Ole Gunnar Solskjaer como solução interina, até ao final da temporada.

Paul Pogba celebrou saída de Mourinho

Mourinho sai do United na sua terceira temporada, depois de alguns maus resultados e exibições pouco conseguidas. A derrota frente ao Liverpool, em Anfield Road, deixou o Manchester a 19 pontos do adversário, que é o líder da Premier League, um fosso aparentemente irrecuperável, e que teria levado à sua destituição.

Advertisement

Pogba estava num clima de guerra aberta com o treinador português, desde a temporada passada, mas o mau ambiente estava a agravar-se nas últimas semanas e o médio francês já nem sequer era opção para Mourinho.

Frente ao Liverpool, Pogba assistiu do banco à derrota por 3-1, uma das razões que teria deixado o francês satisfeito com a saída de Mourinho. De acordo com o jornal The Sun, o jogador "festejou descontroladamente" a saída do treinador português e teria dito: “Ele achava que me podia fazer de tolo e virar os fãs contra mim. Meteu-se com o jogador errado".

Ainda de acordo com a mesma fonte, o único jogador que não participou das comemorações foi o avançado Romelu Lukaku, que foi uma das contratações mais extravagantes de José Mourinho, por 83 milhões de euros, em 2017.

Carrick advertiu Pogba

Michael Carrick é que não teria gostado nada do que ouviu no centro de treinos do Manchester, no dia seguinte ao despedimento de José Mourinho.

Advertisement
Os melhores vídeos do dia

O adjunto e ex-jogador do colosso inglês teria avisado Pogba, lembrando o francês que "nenhum jogador é maior do que o clube". O inglês não gostou das celebrações e lembrou que a equipa precisava de se unir, para que os resultados em campo começassem a aparecer.

O Manchester regressa à competição neste sábado, com a deslocação a Cardiff, e já sob as ordens de Solsjkaer.

Pogba não quis comparações com Lampard

Mourinho e Pogba tiveram um relacionamento complicado, com algumas declarações públicas a provarem o desacordo. Pogba revelou que o Manchester jogava com tática de equipa pequena e Mourinho chamou-lhe vírus, em alguns dos argumentos públicos mais nefastos.

No entanto, de acordo com o The Sun, a gota de água teria sido numa reunião em que Mourinho teria sugerido a Pogba que ele deveria tentar ser como Frank Lampard, seu ex-jogador do Chelsea, e que Mourinho descreveu como "um exemplo do médio perfeito".

Porém, Pogba não só não aceitou o conselho, como ainda teria reagido furiosamente e com alguma audácia, questionando se Lampard alguma vez tinha conquistado um campeonato do mundo, como ele fez com a França neste verão, uma reação que não agradou a Mourinho.