O projeto CoderDojo Esposende, criado para ensinar as crianças do concelho a programar, celebrou o seu primeiro aniversário. A iniciativa permite a todos os jovens residentes em Esposende aprender a programar, nas mais diversas áreas, sendo o primeiro ano considerado um sucesso pela organização.

Foi em Julho de 2017 que a Associação de Cidadãos de Esposende decidiu juntar esforços com uma das maiores fundações na área da programação no mundo, CoderDojo, que está sediada na República da Irlanda e presente em mais de 60 países.

O que aprendem as crianças

Durante o seu primeiro ano, o CoderDojo logrou despertar o interesse dos jovens de Esposende para programarem, sendo a única entidade que pratica programação no concelho através de um sistema implementado pela Fundação e reconhecido por empresas como a Microsoft ou a Raspberry Pi.

No CoderDojo Esposende, as crianças têm a possibilidade de aprender HTML e CSS com o Thimble, bem como de aprender a programar com o Scratch ou o Snap!, ou usando linguagens como o Python, o JavaScript ou o Ruby. Há ainda sessões de programação com Arduino – tudo dentro de uma rede mundial de ensino gratuito de programação de computadores.

A partir de Julho, serão realizadas ações de motivação junto dos jovens para outras áreas, estão previstas aulas de mandarim. Aqui, o objetivo é criar junto das crianças a apetência de aprender novas línguas associando a programação e a linguística num mesmo espaço.

Maria Araújo, presidente da Associação de Cidadãos de Esposende, refere que a programação é uma ferramenta de futuro, em que os jovens conseguem explorar todo o seu potencial e alargar os seus conhecimentos.

Os melhores vídeos do dia

"O facto de termos um número tão elevado de jovens a frequentar as aulas é algo que nos orgulha e que revela que este projeto era necessário no concelho", refere.

Como funciona o CoderDojo

As aulas decorrem aos sábados de manhã, uma vez por mês, nas instalações da ACICE – Associação Comercial e Industrial do Concelho de Esposende. São destinadas a crianças entre os 7 e os 17 anos.

A inscrição deve ser feita no endereço CoderDojo.com, devendo dar entrada no Dojo de Esposende. A partir desse momento, toda a informação e agendamento de aulas é feita através de uma plataforma online disponibilizada pela Fundação. Os alunos recebem ao longo do seu percurso diversas recompensas de acordo com os níveis que vão alcançando.

Este projeto é inteiramente suportado pela Associação de Cidadãos de Esposende, que aposta na formação dos jovens do concelho. Por isso, não tem qualquer custo para os alunos.