Anúncio
Anúncio

Jorge Jesus sonha alto com uma possível ida para um colosso europeu e conta com a ajuda preciosa de Jorge Mendes para consegui-lo. Se isso não acontecer, o actual treinador do Benfica só renovará com o clube caso este continue a pagar o mesmo. Luís Filipe Vieira, no início da esta semana, colocou em cima da mesa uma proposta de renovação a Jorge Jesus, contudo, este tinha um pequeno percalço: uma redução significativa do ordenado do técnico.

Ora, Jorge Jesus, como levou o Benfica ao bi-campeonato passado trinta e um anos, não acha que merece uma redução, pedindo, no mínimo, o mesmo que recebia, ou seja, quatro milhões de euros anuais, o que faz com que o português seja um dos treinadores mais bem pagos do mundo.

Anúncio

Porém, o presidente do Benfica pretende fazer uma grande redução de salários e isto inclui o seu treinador, pelo que as exigências de Jorge Jesus dificilmente serão ouvidas.

Segundo avança o jornal "Expresso", Jesus não está disposto a continuar no Benfica se o clube lhe reduzir o salário e, por isso mesmo, já terá pedido a Jorge Mendes para que este procure novas soluções para a sua carreira. O treinador já recebeu duas propostas concretas e, apesar de ambas serem milionárias, o destino destas, Turquia e um país árabe, não motiva Jorge Jesus. O ainda treinador do Benfica pretende dar o salto na sua carreira e rumar para um grande clube europeu, de preferência Barcelona, Real Madrid ou Manchester City.

Anúncio
Os melhores vídeos do dia

Se um destes clubes formalizar uma proposta, Jesus nem pensará duas vezes em deixar o Benfica e os seus adeptos.

Apesar dos excelentes resultados nacionais e internacionais dos últimos anos, Jorge Jesus ainda não tem visibilidade internacional suficiente para concorrer ao cargo dos clubes mais bem-sucedidos da Europa, pelo que, mesmo contando com o melhor agente desportivo do mundo, Jorge Mendes, uma ida para estas equipas é altamente improvável. Para que este continue no Benfica, Jesus terá que ceder ou então Luís Filipe Vieira terá que manter o ordenado. E, nesta negociação, quem tem toda a pressão é o presidente do Benfica, pois será altamente pressionado pelos seus adeptos para renovar com o seu treinador.

Anúncio