O Sport Lisboa e Benfica já prepara a próxima temporada e para tal, os campeões nacionais, andam no mercado. Mas não são os únicos. Vejamos: o clube encarnado já anunciou várias saídas, como por exemplo os casos de Artur (final de contrato) e Benito (para o Young Boys). No entanto, muito se tem falado se o médio criativo do clube da Luz, Nicolás Gaitán, permanecerá ou não. Certo é que o clube inglês, Manchester United, tem andado debaixo de olho no argentino e, segundo o jornal desportivo "zerozero", as negociações estão pendentes por faltar a resposta dos dirigentes do clube de Manchester para se saber se as negociações avançam ou são canceladas.

"Tudo é possível, existe uma negociação pendente", adiantou o agente do atleta argentino de 27 anos. A negociação entre Benfica e Manchester poderá estar próxima de ser concluída e estima-se que os valores rondem entre os 30 e 35 milhões de euros.

Recorde-se que Nicolás Gaitán chegou ao Sport Lisboa e Benfica, em 2010, proveniente do Boca Juniores a troco de 8,4 milhões de euros pelo passe do jogador.

Desde então, Gaitán já realizou 5 temporadas de águia ao peito. Na época de estreia, o médio criativo participou em 48 partidas e apontou 9 golos. Na época 2011/2012, actuou em 44 jogos e apontou 4 golos. Na época seguinte, em 2012/2013, Gaitán jogou 44 partidas e marcou 5 golos. Nas duas últimas épocas (2013/2014 e 2014/2015), o médio argentino participou em 43 e 37 jogos e apontou 8 e 4 golos, respectivamente. Ao serviço dos encarnados conquistou 2 Ligas Portuguesas (2013/2014 e 2014/2015), 1 Taça de Portugal (2013/2014), 4 Taças da Liga (2011, 2012, 2014 e 2015) e 1 Supertaça Cândido de Oliveira (2014).

O Benfica pode mesmo vir a perder um dos seus habituais titulares e, como tal, já foi ao mercado para se precaver de uma eventual saída do argentino.

Os melhores vídeos do dia

As contratações de Bilal Ould-Chikh, Adel Taarabt e Jhon Murillo são alguns exemplos disso mesmo. No entanto o Benfica tem de se reforçar noutros sectores, visto que outros jogadores poderão estar de saída, como são os exemplos de Maxi Pereira (que ainda não renovou), Talisca (Valência interessado) e Lima (Guangzhou interessado).