Iker Casillas vai reforçar a equipa do Futebol Clube do Porto. A notícia é avançada pela estação de televisão espanhola RTVE. De acordo com o site da Rádio e Televisão Espanhola, os dragões já apresentaram uma proposta por escrito ao Real Madrid, que não pretende dificultar a saída do guarda-redes.

Publicidade
Publicidade

Além do mais, a saída deste nome da equipa do Real permite a contratação de David De Gea, que poderá chegar do Manchester United.

Depois de uma época menos boa e com a saída de Fabiano, um dos principais guarda-redes para o Fenerbahçe, o Futebol Clube do Porto procurava há já algum tempo alguém para ocupar a posição. Do lado dos merengues, a saída de Iker Casillas era também quase cem por cento certa, apesar de ainda ter um contrato assinado até Junho de 2017, e cujo valor rondava os seis milhões de euros.

Este internacional estreou-se ao serviço do Real Madrid apenas com 16 anos e foi desde cedo um dos nomes grandes do clube.

Ao fim de 25 anos craque sai do Real Madrid
Ao fim de 25 anos craque sai do Real Madrid

Hoje, passados 25 anos, o clube madrileno abre as portas para que Casillas possa sair. Segundo a RTVE, a proposta foi avançada pelos dragões por escrito e, ao que tudo indica, os madrilenos estão dispostos a "compensar Casillas em termos económicos por forma a que não perca dinheiro na sua saída para o FC Porto", conforme avança o Diário de Notícias. Porém, não pagam a totalidade do salário, como é pretendido pela equipa azul e branca.

Aos 34 anos, Casillas é um dos nomes fortes que se podem juntar nesta próxima temporada à equipa de Julen Lopetegui, que cumpriu hoje o seu primeiro treino de preparação para a próxima época, em Vila Nova de Gaia.

Publicidade

O espanhol recebeu ainda propostas da Roma e do PSG, tendo optado, ao que tudo indica pelo FC Porto.

Durante cinco anos seguidos, entre 2008 e 2012, Casillas foi eleito o melhor guarda-redes, e venceu também ao serviço do seu único clube três Ligas dos Campeões, cinco Ligas espanholas, duas Taças do Rei, quatro Supertaças de Espanha, duas taças Intercontinentais e um Mundial de clubes. Pela selecção espanhola guarda a conquista de dois Europeus e de um Mundial.

Leia tudo