Este artigo é a segunda parte (a primeira parte já foi lançada) de um conjunto de artigos em quevamos descobrironde se encontram os jogadores que fizeram parte do plantel da Seleção Nacional sub-20 em 2011, no Mundial da Colômbia. Com o apoio de ferramentas como o site Zerozero.pt e o TransferMarkt, veremos se o futuro risonho que lhes era destinado foi cumprido ou não - tendo em conta que, dada a suajuventude, todos eles ainda poderãoter boas oportunidadespela frente.

Tiago Ferreira era o jogador mais novo da equipa portuguesa na competição. Com 17 anos de idade, o David Luiz português representava os Juniores do Futebol Clube do Porto à data da competição. Alinhou em cinco partidas no Mundial da Colômbia. Atualmente, com 22 anos, representa o Clube de Futebol União da Madeira, que milita na Primeira Liga Portuguesa. Sem nenhum minuto ao serviço da equipa principal portista, o jogador abandonou a equipa secundária do FC Porto na época 2014/2015 rumo à Bélgica, para representar o Zulte Waregem.

A experiência não foi bem sucedida, estando apenas em três jogos da formação belga. O atleta participou também no Mundial sub-20 de 2013 ao serviço de Portugal.

Cédric Soares foi o dono e senhor da posição de lateral-direito. Viajou para o Mundial da Colômbia com 19 anos de idade e com participação em 5 jogos pela equipa principal do Sporting Clube de Portugal na época 2010/2011. Na época seguinte calhou-lhe um empréstimo à Académica de Coimbra, onde realizou uma grande temporada.

Na época 2012/2013, depois de 2 jogos na equipa B do Sporting, Cédric conquistou a lateral-direita da equipa principal leonina, realizando 23 jogos e marcando 1 golo. Nas épocas seguintes (2013/2014 e 2014/2015) continuou dono e senhor da posição no Sporting Clube de Portugal. No início da época 2015/2016 foi transferido para o Southampton FC, da Primeira Liga Inglesa por 6 milhões de euros (João Pereira foi o escolhido para o substituir no Sporting).

Atualmente com 23 anos, conta com 4 internacionalizações pela Seleção Portuguesa de Futebol.

A lateral-esquerda da Seleção foi dividida entre Luís Martins e Mário Rui. Luís Martins pertencia aos Juniores do Sport Lisboa e Benfica e participou em 4 jogos do Mundial. Na época 2011/2012 fez parte do plantel principal dos encarnados, participando em 5 jogos. Na época 2012/2013 foi apenas opção na equipa B do Benfica (15 jogos), o que precipitou a saída a meio da época para o Gil Vicente.

Manteve-se no emblema de Barcelos até ao início da época 2014/2015, quando se transferiu para o Granada. Atualmente com 23 anos, pertence aos quadros do Granada (1ª Divisão Espanhola), estando por empréstimo no Osasuna (2ª Divisão Espanhola).

O outro lateral-esquerdo da seleção sub-20 do Mundial da Colômbia foi Mário Rui. À data da competição representava o Fátima por empréstimo do Sport Lisboa e Benfica.

Na época seguinte, o Benfica deixou sair o lateral-esquerdo sair a custo zero para o Parma. Nessa mesma época o Parma emprestou Mário Rui ao AS Gubbio 1910. Na época 2012/2013 seguiu-se novo empréstimo, desta feita ao Spezia. As boas exibições ao serviço do Spezia levaram o Empoli a garantir a aquisição de Mário Rui na época 2013/2014. Nessa época o lateral-esquerdo português participou em 26 jogos pelo Empoli, ajudando o emblema italiano a subir à Serie A.

Na primeira época na Serie A, Mário Rui foi indiscutível no plantel participando em 37 jogos. Atualmente com 24 anos, o lateral-esquerdo natural de Sines continua a representar o Empoli na Serie A.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo