A #Selecção Nacional de Sub-21 somou na visita à Grécia a terceira vitória consecutiva em igual número de jogos disputados no Grupo 4 da fase de apuramento para o Campeonato da Europa de 2017. 4-0 foi o resultado final, num encontro em que Gonçalo Guedes, foi o protagonista da equipa treinada por Rui Jorge, sempre superior aos helénicos. Portugal totaliza, assim, nove pontos, mais mais cinco do que Albânia e Israel, segundo e terceiro classificados, respectivamente, embora os albaneses ainda possam reduzir hoje a desvantagem para dois pontos. Na primeira parte o conjunto das quinas foi sempre superior, com várias oportunidades para inaugurar o marcador, mas o golo só surgiu pouco antes do intervalo, na sequência de contra-ataque finalizado pelo extremo do #Benfica.

Portugal entrou bem no segundo tempo e, logo aos cinco minutos, Gelson Martins aumentou a contagem para 2-0, após assistência de Gonçalo Guedes.

Final demolidor

Pouco antes do final, João Cancelo aumentou a contagem, ao aproveitar  mais um passe decisivo executado pelo extremo-direito do Benfica, após as boas oportunidades criadas por Francisco Ramos e Bruno Fernandes. Na última jogada do desafio, Gonçalo Paciência, assistido por Iuri Medeiros, concretizou o 4-0. Nesta qualificação Portugal brilha não só no ataque, com 12 golos marcados, como no sector defensivo, uma vez que apenas sofreu um tento.

A selecção nacional volta actuar no próximo dia 12 de Novembro, diante da Albânia, num encontro que será disputado em Arouca.

Confirmação de Gonçalo Guedes

Gonçalo Guedes marcou hoje o terceiro golo nesta época em que se afirma como titular na equipa principal do Benfica.

Vídeos destacados del día

Antes, ao serviço dos encarnados, assinou remates certeiros diante de Paços de Ferreira e Atlético de Madrid.

Portugal e Grécia alinharam da seguinte maneira: 

Portugal - Bruno Varela; João Cancelo, Edgar Ié, Tobias Figueiredo, Rafa, Rúben Neves, Bruno Fernandes, Ricardo Horta (Gonçalo Paciência, 61') Gelson Martins (Iuri Medeiros, 62'), Gonçalo Guedes e Ronny Lopes (Francisco Ramos, 70').

Grécia: Barkas; Chouchoumis, Risvanis (Pouggouras, 45') Vouros, Saliakas (Savvidis, 73'), Siopis, Donis, Charisis, Mavrias, Ioannidis e Tsilianidis.