O ex-guarda-redes Marton Fulop faleceu hoje, dia 12 de Novembro, aos 32 anos, depois de uma longaluta contra umcancrono braçoque tinha desde 2013.Nascido na Hungria, Fulop formou-se no MTK Budapesteepassou pelo Elore e Bodajk Siófok nas épocas 2002/2003 e 2003/2004.A partir daqui partiu para Inglaterra, onde representou o Tottenham de 2004 a 2007, Chesterfield, durante apenas um ano, Coventry City entre 2005 e 2006 e Sunderland de 2006 a 2010.De seguida foi emprestado ao Leicester City em 2007, seguido do Stoke City em 2008, dando o salto na carreira para o Manchester City em 2010.Nesse mesmo ano passou pelo Ipswich Town e terminou a sua passagem pelo território inglês na temporada de 2011/2012 a representar as cores do West Bromwich Albion.

Em 2013, foi jogar para o Asteras Tripolis da Grécia, queviria a ser o seu último clube, dado que depois foi-lhe diagnosticada a doença que o impediria de prosseguir a carreira futebolística.

Na altura, o guarda-redes anunciou que iria proceder a uma pausa de modo a recuperar de uma cirurgia em que lhe foi removido, em Junho, um tumorlocalizado no braço, mas desde esse momento nunca mais pisou os relvados, embora a sua enorme vontade fosse regressar onde se sentia feliz e estar perante os seus colegas de equipa.

Tinhaplaneado inscrever-se em cursos de treino de futebol, segundo revela o jornal Daily Mail.

Já pela Hungria, Marton Fulop representou o seu país por 35 vezes, 11 naequipa dos Sub-21 e 24 vezes pela selecção principal, o que lhe garantiu um vasto currículo perante o futebol internacional.

Por onde passou, o húngaro era muito acarinhado, daí que os seus ex-clubes e colegas de equipa, juntamente com os seus adversários, tenham vindo a publicar no Twitter o pesar e tristeza da partida do futebolista, enviando as suas condolências à família, como é o caso de vários clubes da liga inglesa onde foi guarda-redes.

Resta apenas acrescentar que Marton Fulop nasceu a 3 de Maio de 1983 e que sofreu 68 golos naPremier League.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo