Resumo do jogo

Uma final bem disputada pelas duas equipas e, pelo que se passou em campo, o resultado acabou por se ajustar no final dos 80 minutos. Na primeira parte, Portugal dominou o encontro e traduziu esse domínio em golo aos 27 minutos, o autor do golo foi Diogo Dalot que marcou num remate cruzado indefensável para o guarda-redes Peña. Cinco minutos depois, e no primeiro remate à baliza, a Espanha empatava a partida por intermédio de Díaz a aproveitar da melhor maneira a confusão que se instalou na grande área portuguesa.

Os espanhóis animaram e acabaram a primeira a dominar o jogo, esse domínio prolongou-se durante a segunda parte com Díaz e Mboula a darem muito trabalho à zona defensiva portuguesa. Portugal parecia perdido no jogo, mas acabou por acertar as marcações e nos últimos 15 minutos deste segundo tempo voltou ao domínio da partida criando vários problemas para o guarda-redes Peña, Quina e João Filipe foram os mais inconformados.

O resultado não sofreria mais alterações e foi nas grandes penalidades que tudo se decidiu estando as emoções ao rubro com os jogadores a não desperdiçarem as mesmas. Morlanes falhou o último penálti para os espanhóis e que daria o 5-5 e nova série de desempate. Com este falhanço Portugal vence 13 anos depois o Europeu de sub-17.

Resultado final: Portugal, 1 - Espanha, 1 (5-4 no desempate por grandes penalidades).

Falha Morlanes! Portugal vence o campeonato da Europa!

5-4.

Gedson marca, se a Espanha falhar Portugal é campeão da Europa.

4-4. Díaz marca "à Panenka".

4-3. Diogo Dalot não perdoa.

3-3. Brandariz não desperdiça.

3-2. Diogo Leite adianta novamente Portugal.

2-2. Empata Busquets.

2-1. João Filipe adianta Portugal no marcador.

1-1. Empata Ruiz para a Espanha.

1-0. Marca José Gomes!

Vai começar o desempate. José Gomes avança para a marcação.

O jogo segue para a marcação de grandes penalidades.

Final do jogo. Portugal, 1 – Espanha, 1

80'- Substituição na seleção espanhola.

Sai Peña, entra Adrián. A Espanha esgota as substituições.

80'- Dois minutos de tempo de compensação.

80'- Substituição na seleção espanhola. Sai Mboula, entra Lozano.

79'- Substituição na seleção portuguesa. Sai Quina, entra Rafael Leão.

74'- João Filipe tenta marcar mais uma vez, Peña defende.

72'- Remate cruzado de José Gomes ao lado da baliza.

71'- Gedson remata de primeira, a bola não leva a direção da baliza.

70'- Substituição na seleção espanhola. Sai García, entra Martín.

68'- João Filipe tenta marcar, mas o remate é bloqueado pela defesa espanhola.

68'- Mais um remate de Quina para as mãos de Peña.

58'- João Filipe remata à figura de Peña.

55'- Substituição na seleção portuguesa. Sai Mesaque Dju, entra Miguel Luís.

54'- Mboula remata por cima da baliza. A Espanha está mais perigosa no jogo.

53'- Robles vê o seu remate ser cortado para pontapé de canto.

52'- Díaz passa por vários jogadores portugueses, mas a jogada é cortada para canto.

49'- Busquets remata para defesa fácil de Diogo Costa.

49'- Remate de Mboula cortado para pontapé de canto.

47'- Quina remata ao lado.

Início da segunda parte. Sai o Portugal com a bola.

As equipas reentram em campo! Tudo a postos para o início da segunda parte.

Resumo da primeira parte

Uma primeira parte que poderia ter pendido mais para o lado de Portugal dado que foi a equipa mais rematadora e a que obrigou mais vezes o guarda-redes a intervir no jogo, Diogo Dalot fez o golo de Portugal aos 27 minutos.

A Espanha acabou por empatar na única oportunidade de golo que teve nestes primeiros 40 minutos por intermédio de Díaz aos 32 minutos.

Intervalo no jogo. Portugal, 1 – Espanha, 1

36'- Gedson, com um grande trabalho individual, obriga Peña a defesa complicada.

33'- Quina remata de muito longe, mas a bola sai muito por cima da baliza.

32'- GOLO DA ESPANHA! Lance confuso na grande área portuguesa e Díaz aponta o golo de cabeça.

27'- GOLO DE PORTUGAL! Diogo Dalot inaugura o marcador com um remate cruzado.

25'- Diogo Queiróz corta para canto uma bola que poderia levar perigo à baliza de Diogo Costa.

23'- À barra! Quina com um excelente trabalho individual acerta a bola em cheio no ferro da baliza de Peña!

12'- Remate de José Gomes para boa defesa de Peña.

9'- Boa jogada individual de Rúben Vinagre concluída com um remate à figura de Peña.

17:00 - Início da primeira parte. Sai a Espanha com a bola.

16:55 - As equipas já estão em campo, vão-se ouvir os hinos das duas seleções.

16:00 - Onze inicial e suplentes de Portugal

Onze inicial:Diogo Costa (GR), Diogo Dalot, Diogo Queirós (C), Rúben Vinagre, Gedson Fernandes, João Filipe, José Gomes, Quina, Mesaque Dju, Diogo Leite e Florentino.

Suplentes:Luis Maximiano (GR), Luis Silva, Miguel Luis, Thierry Correia, João Lameira, Rafael Leão e Mickael Almeida.

Selecionador de Portugal: Hélio Sousa.

16:00 - Onze inicial e suplentes de Espanha

Onze inicial:Peña (GR), Robles, García, Brandariz, Zabarte, Busquets, Mboula, Morlanes (C), Ruiz, Díaz e Subias.

Suplentes:Adrián (GR), Martín, Ujía, Calderón, Lozano, Millán e Aliaga.

Selecionador de Espanha: Santi Denia.

00:00 – Portugal e Espanha disputam mais uma vez a final do Europeu de Sub-17.

Tal como aconteceu em 2003, temos um duelo ibérico na final da competição e esperamos que a sorte volte a sorrir à seleção nacional portuguesa.

Nesse ano, o torneio disputou-se em território português e o resultado foi uma vitória para Portugal por 2-1 numa equipa que contava com nomes como João Moutinho, Miguel Veloso ou Vieirinha, que se foram tornando presenças habituais na equipa sénior.

Fique connosco a acompanhar todas as emoções desta final.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo