Nélson Cabral Semedo, defesa de 23 anos e que na última semana viu confirmada a sua transferência para um dos maiores clubes do mundo, FC Barcelona, fez toda sua formação no Sintrense e ainda à apenas cinco temporadas atrás jogava no CD Fátima. Ele é a prova prova de que ainda há lugar para os sonhos no mundo do Futebol.

Franzino, mas muito rápido, Nélson Semedo desde cedo se foi destacando na formação do Sport União Sintrense. Apesar das boas exibições do jovem lateral, as épocas foram passando e o jovem nunca conseguiu impressionar nenhum dos clubes grandes do nosso futebol. Até que, em 2011-2012, e ainda com idade de júnior, Semedo passou a integrar a equipa sénior do clube, e apesar da sua juventude, acabou por conseguir marcar 5 golos, nos 17 jogos que efectuou.

O enorme potencial do jovem começava então a despertar a atenção de outros clubes, e na época seguinte, a sua primeira como sénior, Nélson Semedo ruma ao CD Fátima, onde nos 31 jogos efectuados voltou a mostrar toda a sua qualidade, facto que mereceu a atenção do SL Benfica, que acabou por contratá-lo para integrar a sua equipa B e assim começar a sua integração no clube. A primeira época no clube da Luz, foi de adaptação, e apesar dos 17 jogos efectuados, o jovem não impressionou. Porém, os responsáveis do Benfica não desesperaram e entenderam isto como mais um passo na progressiva integração do jovem.

Em bom tempo o fizeram, pois na época seguinte, 2014-2015, o rendimento do atleta impressionou e desde logo ficou referenciado para a equipa A. Os 45 jogos efectuados, sempre com alto rendimento, davam garantias de que, com a necessária adaptação, Nélson Semedo poderia passar a ser um nome a ter em conta para a equipa principal do clube.

Os melhores vídeos do dia

E assim foi. Na época seguinte, já com Rui Vitória ao leme do clube da Luz, Nélson Semedo acaba por ser chamado à equipa principal, e mesmo integrado com a época a decorrer acaba por conseguir realizar 18 jogos. A qualidade do miúdo começava a chamar a atenção. Até que chegamos a 2016-2017, e Nélson Semedo passa a ser uma das referências da equipa. Com 47 jogos efectuados, sempre em alto rendimento, o jovem lateral passa a ser uma das armas mais talentosas da equipa de Rui Vitória. Paralelamente começa a ser chamado regularmente à Selecção Nacional e o nome dos colossos europeus que o seguem não pára de aumentar.

Com o SL Benfica novamente campeão a culminar uma grande época de Nélson Semedo, ficava cada mais explícito que o jovem lateral poderia chegar a um clube de topo europeu. O FC Barcelona conseguiu ganhar a toda a concorrência, e Nélson Semedo, a trocp de cerca de 30 milhões de euros, rumou à capital da Catalunha e mostrou uma vez mais que, com talento e trabalho, é sempre possível sonhar no mundo do futebol.