Falta menos de um mês para a reabertura do Mercado de Transferências. O Benfica, face às debilidades que tem apresentado, e também à humilhante campanha na Liga dos Campeões, vai movimentar-se em janeiro no mercado, para atacar o "penta". O plantel será reduzido. E poderão chegar 2/3 reforços para posições mais débeis.

Saídas

De acordo com o jornal Record, sete jogadores estão de saída do clube da Luz.

Douglas - Chegou por empréstimo de Barcelona, para render Nélson Semedo, o jovem que fez o caminho inverso. A tarefa não era fácil. Muitas suspeitas se levantaram sobre o valor deste brasileiro, que nunca se impôs nos "culés", e que na época passada teve prestações razoáveis no Alavés.

Chegamos a dezembro, Douglas tem poucos jogos, e exibições onde não esteve bem, mas também não esteve mal. O Benfica vai pôr fim ao empréstimo.

Lisandro - O argentino nunca se assumiu como titular absoluto no Benfica, e já terá manifestado o desejo de sair para jogar mais vezes. O Benfica quer vendê-lo. Um negócio que poderá ser feito por um valor inferior a 12 milhões.

Eliseu - Está no último ano de contrato, e não é um dos jogadores prioritários do Benfica para sair já em janeiro. Embora não seja um jogador consensual entre os adeptos, ninguém lhe tira o fato de ter sido um jogador importante na conquista dos últimos campeonatos do Benfica. E para a memória fica também as sua insólita celebração do tetra, no passado mês de maio.

Filipe Augusto - Apesar de ter tido várias oportunidades, nunca conseguiu mostrar capacidade para jogar no Benfica.

Os melhores vídeos do dia

Os benfiquistas não têm qualquer admiração por este atleta. Em janeiro pode sair por empréstimo.

Chrien - Chegou ao Benfica esta temporada, foi uma das estrelas do campeonato sub-21. Pelo plantel principal do Benfica teve poucas oportunidades. É visto como uma promessa do futuro das "Águias" em janeiro poderá passar definitivamente para a equipa B, ou poderá ser emprestado.

Willock - O extremo inglês de 19 anos chegou do Arsenal. É lhe reconhecido grande talento, mas ainda não chegou a sua hora de se afirmar no plantel principal. Tal como Chrien, o resto da época será na equipa B, ou será emprestado.

Gabriel Barbosa - Foi o reforço mais sonante do Benfica para esta temporada. Uma das maiores promessas do Futebol brasileiro, que chegou por empréstimo do Inter de Milão. Apesar de ter tido uma época muito fraca no futebol italiano, acreditava-se que brilhasse nas águias. No entanto, fez poucos jogos, marcou um golo (diga-se de belo efeito, que valeu a passagem do Benfica à eliminatória seguinte da Taça de Portugal).

Reforços

Rui Vitória já terá manifestado a Luís Filipe Vieira que precisa sobretudo de reforçar o meio campo e o lado direito da defesa. No entanto, não são de descartar contratações para outros lugares. Relativamente a médios ainda não são conhecidos nomes.

Vlachodimos - É um nome assegurado pelas águias já há algum tempo. Havia dúvidas se chegaria em janeiro ou só no final da época. Mas face à retirada de Júlio César, tudo indica que este jovem guardião alemão, titular da baliza do Panathinaikos, venha já em janeiro.

Mukiele - O lateral direito do Montepellier, de 20 anos, é, de acordo com o jornal Record, a prioridade do Benfica. As águias vão tentar contratar o jogador por 3 milhões de euros. Mukiele, internacional sub-21 pela França, tem sido titular indiscutível do Montepellier nos últimos meses. Mas existem outros nomes como possibilidades. A imprensa italiana também já apontou o nome de Bruno Peres. Lateral direito da Roma poderia chegar por empréstimo. José Luís Gomez, 24 anos, internacional argentino, que joga no Lánus é outra hipótese.

Insúa - Atualmente a representar o Estugarda, o antigo atleta do Sporting, lateral esquerdo, tem sido associado aos 2 grandes de Lisboa nos últimos anos. O argentino de 28 anos, está no último ano de contrato, e este ano não tem tido grandes minutos.