Buenos Aires é uma das cidades do mundo com mais estádios e clubes. Os dois mais importantes são o River Plate e o Boca Juniors, que protagonizam um dos dérbies mais intensos e disputados do mundo, chamado de “El Superclásico”. O primeiro jogo realizado entre os dois maiores clubes argentinos foi em 1913 e terminou com a vitória do River por 2-1. A história deste dérbi é por isso muito longa e conta com um total de 367 jogos. O Boca Juniors tem 133 vitórias e 481 golos e o River Plate tem 121 vitórias e 441 golos (tendo-se registado ainda 113 empates).

Os argentinos são um povo muito ligado ao Futebol e vive com mais fervor os jogos principalmente quando os dois maiores clubes da cidade e do país jogam entre si.

É o segundo clássico mais visto no mundo, com 120 milhões de pessoas, a seguir ao Real Madrid x Barcelona com 400 milhões de pessoas. Alguns jogadores famosos disputaram este dérbi; no Boca destacam-se Maradona, Riquelme, Carlos Tevez e Palermo e no River, Di Stéfano, Passarella, Francescoli e Aimar que jogou posteriormente no Benfica.

Para se conhecer melhor a grandeza destes clubes apresento o número de títulos nacionais e internacionais que cada um tem no seu palmarés. O River Plate foi fundado em 1901 e possui um total de 53 títulos distribuídos por 36 Campeonatos, 10 Taças da Argentina, 1 Supertaça Argentina, 3 Taças dos Libertadores, 1 Copa Sul Americana, 1 Supercopa Sul Americana e uma 1 Taça Intercontinental. O Boca Juniors foi fundado em 1905 e tem 56 títulos distribuidos por 32 Campeonatos, 12 Taças da Argentina, 6 Taças dos Libertadores, 2 Copa Sul Americana, 1 Supercopa Sul Americana e 3 Taças Intercontinentais.

Os melhores vídeos do dia

Relativamente ao número de adeptos, o River e o Boca concentram cerca de 70 % dos apoiantes do país. Deste modo, quando há dérbi é sempre algo de especial e intenso para a maioria dos argentinos, sobretudo para quem vive na populosa cidade de Buenos Aires.

A alcunha do Boca Juniors é Bosteros ou Xeneizes enquanto que o River é conhecido por ser Los Millionarios ou Las Gallinas. O maior estádio da Argentina pertence ao River e tem o nome de Monumental Núnez com capacidade para cerca de 65 mil pessoas. Foi construído em 1938 e situa-se junto ao rio de prata no bairro de Belgrano. Ao lado do estádio existe um edifício moderno que inclui uma loja e o museu do clube. O estádio do Boca localiza-se no bairro com o mesmo nome e tem capacidade para 49 mil pessoas. É denominado de Bombonera devido ao seu formato semelhante a uma caixa de bombons. Foi inaugurado em 1940 e tem visitas guiadas que finalizam no museu do clube muito visitado, mesmo por pessoas que não gostam de futebol.

Inicialmente os dois clubes pertenciam ao mesmo bairro da cidade, La Boca, o que originou maior rivalidade devido à proximidade.

Este bairro é mais popular, com menor nível socio-económico e está associado a operários e a imigrantes italianos. Nos anos 20 do século passado o River mudou-se para a zona de Belgrano, que é uma área mais nobre de Buenos Aires. Este aspeto tornou a rivalidade entre os dois clubes maior, revestindo aspetos de uma luta entre classes. Atualmente os adeptos dos dois clubes apresentam caraterísticas diversas e englobam todas as classes sociais. No entanto, a essência da rivalidade entre os dois clubes mantém-se e por isso o “Superclásico” continua a mover as emoções dos adeptos.