Cristiano Ronaldo não gostou de muito do que viu durante esta temporada. O craque viu o descomprometimento de alguns dos seus colegas, o que acabou por pesar no campeonato e taça, provas que o Real Madrid acabou por perder demasiado cedo. Salvou-se uma caminhada imaculada na Liga dos Campeões, que os deixa à porta de mais um grande título. O Real Madrid pode conquistar a terceira Liga dos Campeões no próximo sábado, 26 de maio, em Kiev. No entanto, o internacional português e o Real já pensam na próxima temporada e em como a equipa pode melhorar para conseguir ir mais além para o ano.

Real Madrid insatisfeito com temporada irregular

A um colosso como o Real Madrid exige-se mais do que um brilharete na Champions. O Real quer também dominar nas competições internas, porque ainda por cima, a sua queda, é prontamente aproveitada pelo grande rival Barcelona.

Não basta terem perdido, o Real ainda teve que assistir à vitória e celebração do rival da Catalunha, o que foi ainda mais doloroso.

Na próxima temporada, o Real promete que tudo será diferente e Cristiano Ronaldo é dos mais interessados na mudança. O jogador está atento ao que se passa, quando se pedem alguns reforços, mas também algumas saídas, de jogadores que estiveram longe do seu melhor nível.

Neste sentido, não só apontam o dedo a alguns jogadores que não teriam o nível exigido para atuar no Real, mas especialmente a todos os atletas, com estatuto de craque, e que se apresentaram muito irregulares, e longe do seu melhor, até por alguma descrença e falta de vontade. No campeonato, isso foi fatal, e na Liga dos Campeões, o Real conseguiu chegar a um bom final, muito graças à liderança de Cristiano Ronaldo, que embalou a equipa nos seus golos.

Os melhores vídeos do dia

Apesar de alguns percalços, a equipa mostrou um nível muito superior na prova europeia.

Cristiano Ronaldo quer ajudar a escolher

Nesta temporada, Cristiano Ronaldo chegou a lamentar algumas escolhas do Real e, para não se repetir a mesma situação, o craque espera poder ajudar nas escolhas do próximo ano. Em particular, o jogador aponta para o banco do Real Madrid, que esta temporada, não apresentou soluções como na anterior. O Real nunca teve suplentes que dessem o mesmo rendimento, uma situação que dificulta o trabalho de uma equipa que quer lutar em várias frentes.

Neste sentido, são quatro os jogadores que Ronaldo acredita que não são a solução que o Real mais precisa: Kiko Casilla, Achraff, Marcos Llorente e Dani Ceballos. Tirando algum problema de última hora, estes quatro jogadores, não deverão continuar no Real, e o clube tenta agora encontrar um novo destino para eles.

Além destes quatro suplentes, existem outros dois jogadores que Cristiano Ronaldo e a direção acreditam que devem sair.

E os próprios craques que, em determinado momento, foram fundamentais na equipa de Zidane, também já não estarão a gosto em Madrid. Gareth Bale é um deles. O galês também não estará feliz no Real e tudo indica que deve regressar à Premier League, onde Tottenham ou o Manchester United vão lutar por ele.

Uma outra grande bomba é a saída de Isco. O médio espanhol é um dos maiores génios do plantel, mas será um dos que Zidane acusa de falta de comprometimento com a equipa. O craque já estará com a cabeça no Manchester City, onde é esperado pelo amigo Pep Guardiola.