Terminou em confusão o último jogo do Real Madrid. A jornada tinha sido adiada, por causa da final da Taça, e o Sevilha aproveitou da melhor maneira para conquistar a vitória. O Real já tem o foco na final da Liga dos Campeões e Zidane não conseguiu mobilizar a sua equipa para apresentar um melhor jogo. Não correu bem, o Real somou mais uma derrota e alguns jogadores vão dando mostras que não são solução para o clube. No final, Sergio Ramos teve que intervir, para evitar males maiores.

Jogador frustrado com a sua época

Dani Ceballos foi um dos escolhidos por Zidane. Com alguns jogadores algo tocados, o treinador francês preferiu fazer alguma gestão dos jogadores, a pensar no grande jogo do ano, no dia 26 de maio, em Kiev.

A partida com o Liverpool é o grande objetivo e Zidane preferiu poupar alguns craques. No entanto, os suplentes não mostraram créditos suficientes para convencer Zidane, e Ceballos acabou substituído aos 69 minutos de jogo. Aliás, esta temporada, Ceballos só por uma vez completou os 90 minutos em campo, nos 22 jogos em que foi chamado ao campo.

Com a partida desta quarta-feira, o médio tem apenas 899 minutos em 22 jogos, e só começou em nove como titular, cinco deles em jogos de Taça. Na Liga e Champions, Ceballos só foi titular por quatro vezes, muito pouco na opinião do médio de 21 anos, que queria mais nesta sua experiência em Madrid. De acordo com o Diario Gol, Ceballos culpa Zidane por não apostar mais nele.

Dani Ceballos arrependido

O jogador espanhol já terá revelado, em mais de uma ocasião, aos seus companheiros que estava arrependido de não ter escolhido a oferta que o Barcelona colocou na mesa no verão passado.

Os melhores vídeos do dia

Os catalães não ofereceram o mesmo dinheiro que o Real, mas teriam garantido minutos em campo. Pelo contrário, o Real não prometeu proeminência em campo, mas o salário foi decisivo para a escolha final.

O jogador estava ciente de que não seria uma peça importante na equipe de Zinedine Zidane, mas esperava ter algumas oportunidades para provar o seu valor. No entanto, a sua presença foi limitada a jogos sem importância ou inconsequentes, como este com o Sevilla. Com tudo isto, o jogador foi percebendo que Zidane não conta com ele e a frustração foi crescendo.

Ceballos explode contra o Sevilla

Assim que recebeu a ordem para sair de campo, o médio nem olhou para Zidane. Passou ao lado dele, antes de chegar ao banco enfurecido. O andaluz atirou com o casaco, enquanto gesticulava e soltava alguns palavrões.

Na altura, Zidane estava concentrado no jogo, mas o seu adjunto, David Bettoni, não perdeu os detalhes do que aconteceu e acabou por contar tudo ao francês no final do jogo. Nos balneários, a confusão terá sido grande, e quem viu a cena revelou que Sergio Ramos teve que agarrar Zidane para acalmar a situação. Depois do incidente, dizem fontes de dentro do clube, que Zidane e Ceballos já nem se falam.