Pep Guardiola foi campeão da Premier League, batendo o recorde dos pontos. O Manchester City terminou a temporada com 100 pontos, um feito incrível num campeonato com tantas equipas de grande qualdiade. Para trás, ficaram colossos como o Manchester United, Tottenham, Liverpool, Chelsea ou Arsenal, numa luta que cedo se percebeu que só poderia ser pelo segundo lugar. Guardiola já impôs a sua ideia de jogo no City e quer mais. A hegemonia deste ano será para manter e para prolongar também na Liga dos Campeões, prova em que foi eliminado, nos quartos-de-final, pelo Liverpool.

Guardiola quer reforços no Manchester City

Agora, Guardiola já pensa na próxima temporada e quer reforçar a equipa, nomeadamentepara cumprir esses objetivos europeus.

O treinador catalão quer reforçar algumas linhas, para ter uma equipa mais coesa. De acordo com o site Don Balón, um dos favoritos de Guardiola está no Real Madrid. E o treinador já teria deixado o aviso: é agora ou nunca. É que se Guardiola não conseguir garantir agora esse reforço, terá que procurar um médio de características defensivas noutro lado, e voltará a descartar o astro do Real Madrid.

Por isso, o Don Balón avança que já existe um ultimato do Guardiola ao craque do Real. Trata-se de Toni Kroos, médio alemão que é indispensável na equipa de Zidane. Mesmo sabendo das dificuldades que será esta contratação, o treinador do Manchester City decidiu ir com tudo para conseguir garantir os serviços de um jogador de futebol proeminente, e que está atualmente sob o comando do francês Zinedine Zidane.

Os melhores vídeos do dia

E, neste caso, não é um Isco Alarcón que há muito é desejado por Guardiola, mas antes o alemão de características mais defensivas do que Isco, mas fundamental no meio-campo do Real.

Guardiola pode 'destruir' meio-campo do Real Madrid

Aliás, Kroos é, neste momento, mais importante e indispensável no Real do que o próprio Isco. O médio alemão do Real Madrid também tem uma outra proposta para jogar na Premier League, de José Mourinho, que gostaria de o ter no Manchester United. Pep Guardiola, no entanto, não quer perder a oportunidade de voltar a trabalhar com Toni Kroos, depois de o ter orientado na sua primeira temporada no Bayern de Munique, e tentará, por todos os meios possíveis, convencê-lo a juntar-se ao seu projeto, no City.

Kroos esteve na agenda de Pep Guardiola muitas vezes. O antigo treinador do Barcelona ficou muito impressionado com as suas características, quando os dois coincidiram na Alemanha e iria adorar trabalhar com ele novamente. No entanto, isto não significa que ele vá desistir de Isco. Aliás, isso está fora de questão para Guardiola, até porque ele sabe que este pode ser um bom momento para levar Isco do Santiago Bernabéu, uma vez que o jogador não está muito agradado com a temporada que está a fazer, e com as oportunidades que está a ter.