No Barcelona são muitas as pessoas que acreditam que a equipa tem enfraquecido nos últimos anos. Desde 2015, quando o Barça de Luis Enrique venceu a última Liga dos Campeões, que as coisas parecem estar a piorar. A verdade é que a equipa nunca mais levantou a tão desejada 'orelhuda', e nem sequer passa dos quartos-de-final da prova, o que para um colosso como o Barcelona parece muito pouco. Por isso, a próxima temporada vai ter mudanças e os novos reforços serão à medida de Messi, para que o argentino volte a conquistar a Champions, como é seu desejo.

Barcelona em declínio?

A verdade é que desde 2015 que a equipa parece estar a perder qualidade.

Desde essa última conquista europeia, o Barcelona perdeu Xavi Hernández, Dani Alves, Neymar e Mascherano, entre os nomes mais sonantes. E, para piorar mais ainda a situação, o Barça parece não ter encontrado substituto à altura de nenhum deles. E agora Andres Iniesta também vai embora, deixando mais uma lacuna na equipa de Ernesto Valverde.

Enquanto isso, Josep María Bartomeu está a gastar uma fortuna a tentar os antigos craques, mas sem grande sucesso. A verdade é que nem Coutinho, nem Dembélé conseguem substituir aquilo que representaram Iniesta e Neymar para a equipa. Yerry Mina também não substitui Mascherano, e um dos casos mais graves é mesmo a lateral direita. De acordo com o Diario Gol, Nelson Semedo, Aleix Vidal e Sergi Roberto juntos, não fazem um Dani Alves.

Por isso, a política de contratações do Barcelona tem sido muito contestada, o que se agrava mais ainda com um gradual desmantelamento da La Masia.

Os melhores vídeos do dia

A 'fábrica' de talentos do Barcelona não está a render frutos como antes, o que até se vê na quebra de rendimento da equipa B do Barcelona.

Messi pede mais 'pólvora' a Bartomeu

No próximo ano, o Barcelona vai ter mais novidades. É que embora Coutinho possa substituir, mais ou menos, Iniesta, a verdade é que Dembelé ainda está a anos-luz de ser um Neymar. Por isso, o primeiro craque escolhido é Antoine Griezmann, cujo custo ascende a 100 milhões de euros.

Na defesa, há outros problemas. Na lateral direita, parece que Sergi Roberto vai continuar na posição, mesmo não sendo a sua posição natural. Nélson Semedo ainda está em fase de adaptação, e o Barça tem preferência em contratar Álvaro Odriozola, sendo que Aleix Vidal deve estar de saída.

Busquets e Rakitic são os favoritos de Valverde no meio-campo e Paulinho aparece como um bom substituto, mas faltam soluções. André Gomes deve sair e, em sentido contrário, devem chegar o brasileiro Arthur, que já tem tudo acertado, e ainda Carles Aleñá, da formação culé.

Também o nome de Fabian, do Bétis de Sevilha, tem soado como possível reforço.

Finalmente, no ataque, Messi e Suárez teriam a colaboração de Coutinho, muito perto, e de Griezmann, sendo que Dembelé deverá ser a quarta opção ofensiva para Valverde.

Assim, as mudanças seriam, acima de tudo, na lateral direita e no ataque, mas acima de tudo, nas substituições. O Barcelona ganharia mais soluções, aos seus titulares, o que parece ter faltado em alguns momentos esta época.