O Real Madrid joga a final da Liga dos Campeões com uma pressão extra. Afinal, a equipa viu o rival Barcelona ganhar a dobradinha, em Espanha, e ao Real Madrid só esta grande vitória na Liga dos Campões os pode salvar de uma temporada infeliz, na Espanha. No entanto, em vésperas do grande jogo, o Real depara-se com mais um problema interno. De acordo com o site Don Balón, há um jogador que ameaça bater com a porta, se não for um dos onze escolhidos para o grande dia.

Real Madrid quer fazer história

Depois de duas Liga dos Campeões consecutivas, o Real já sonha com uma terceira. Caso isso aconteça, será um feito inédito no atual modelo da prova, e apenas igualado pelo mesmo Real Madrid, nos anos 60, quando ganhou cinco Taças dos Campeões consecutivas.

Agora, a prova mudou, mas o Real continua a sua hegemonia, muito graças a um histórico Cristiano Ronaldo, que é o melhor marcador da história da prova.

Este ano, o português já leva 15 golos e é o destacado melhor marcador desta edição, mas ainda pode juntar mais um ou outro golo, ele que tanto gosta de se destacar nestes jogos mais decisivos, deixando sempre o seu nome nas grandes finais. Este ano, a grande decisão está agendada para Kiev e o adversário é o Liverpool que, aparentemente, até tem menos pressão.

Jogo decisivo para duas equipas modestas no campeonato

O Real, enquanto campeão, acaba por ter mais responsabilidade do que o Liverpool, que chega a esta fase como um 'outsider'. No entanto, os 'reds' também não se destacaram na Premier League e terminaram o campeonato na quarta posição.

Vídeos destacados del día

Ou seja, o Liverpool precisa de fazer a qualificação para entrar na Liga dos Campeões, a menos que vença a final contra o Real Madrid e garanta, dessa forma, o acesso direto à fase de grupos.

Portanto, o jogo acaba por ser de alguma tensão para as duas equipas, até porque em causa está um dos prémios mais ambicionados para qualquer equipa de futebol. Enquanto no Liverpool Klopp já terá, mais ou menos, o seu onze escolhido, uma vez que ele não faz muitas mudanças, já Zidane tem feito mais mexidas e terá mais dúvidas na sua cabeça. Agora, todos os jogadores se preparam para o jogo em 26 de maio e todos querem fazer parte deste momento.

Craque 'ameaça' Zidane

É o caso de Isco Alarcón. O camisola 22 da equipa branca chegará bem fisicamente à partida contra os 'reds', mas teme que Zidane o deixe no banco. A verdade é que o treinador francês vai ter que escolher entre a boa dinâmica de Bale, a confiança de Lucas Vázquez ou o perigo que Marco Asensio sempre representa. Todos eles representam uma ameaça sobre Isco.

E nem seria a primeira vez que ele ficava no banco num grande momento.

No entanto, desta vez, Isco avisa. O médio espanhol terá garantido que, se não for titular no jogo de Kiev, vai embora no Verão. De acordo com o site Don Balón, o jogador está farto de ser uma segunda linha e está disposto a escutar uma das várias propostas que tem em mãos. Equipas como o Manchester City estão interessadas em pagar o jogador bem pago e ele pensa no assunto. O dia 26 de Maio pode ser a chave para o seu futuro. E Zidane já sabe.