O Barcelona mal terminou esta temporada e já pensa na próxima. A questão é que, na última época, Ernesto Valverde sentiu algumas dificuldades durante a pré-temporada, por causa do mercado de transferências. O treinador chegou e, de um momento para o outro, precisava de fazer dispensas e indicar possíveis contratações, sem conhecer ainda bem a equipa, enquanto grupo de trabalho. Para agravar as dificuldades, Neymar foi embora e Valverde perdeu um bocado o controlo dos destinos da equipa. Este ano, ele quer fazer tudo diferente e, de acordo com o site Don Balón, o treinador quer assumir o controlo de todas as decisões, desde o início.

Valverde: campeão contestado

Quando uma equipa vence campeonato e taça, não há como dizer que a temporada de estreia correu mal ao treinador.

No entanto, Valverde continua a ser um pouco contestado e nem todos confiam nele a 100%. Os adeptos do Barcelona estão acostumados a vencer e ainda não aceitaram bem a eliminação na Liga dos Campeões, nos quartos-de-final, contra a Roma, teoricamente mais modesta que o Barça - principalmente dado o risco de o grande rival poder aumentar ainda mais a sua histórica supremacia em vitórias na Champions (os merengues têm 12 vitórias contra 'apenas' 5 dos catalães).

As decisões do treinador nem sempre foram unânimes, nomeadamente a sobrecarga de Messi. O jogador fez demasiados minutos, na opinião dos adeptos, que acreditam que o astro argentino não estava no seu melhor contra a Roma, por culpa dessa sobrecarga a que Valverde o obrigou, mesmo quando o campeonato estava quase ganho. A equipa pareecu sempre muito dependente daquilo que Messi conseguia fazer e, neste fim-de-semana, os adeptos voltaram a sentir isso, quando o argentino ficou em Barcelona, e a equipa caiu perante o Levante, na primeira derrota do campeonato.

Os melhores vídeos do dia

Os adeptos exigem mais soluções a Valverde, a uma equipa que não pode depender tanto de um jogador como este Barça depende de Messi.

Treinador quer assumir as decisões

No entanto, esta foi a época de estreia do treinador que, na próxima temporada, espera fazer melhor ainda, até porque vai ter mais tempo para preparar tudo. De acordo com o Don Balón, Valverde já fez algumas decisões para a nova temporada, relativamente às possíveis contratações e saídas que podem ocorrer neste Verão. Supostamente, o treinador deixou claro que quer ter tudo sob controle, para que não voltem a ocorrer situações como a de Neymar.

E um dos jogadores que pode sair é Denis Suárez. O médio galego teve poucas oportunidades nesta temporada e, com as possíveis contratações de Arthur ou Fabián, o ex-Celta ficaria praticamente sem espaço no onze. Porém, esta decisão de Valverde vai abrir problemas com o balneário catalão, que acredita muito no médio. Entre os jogadores que o defendem, está Messi, que tem um ótimo relacionamento com o galego, precisamente por isso: Messi acredita que Denis é uma mais valia neste Barça.

Messi já disse em várias ocasiões que acredita que Denis tem a capacidade de ter sucesso no Barça, se tiver mais oportunidades, que ele até já poderia ter pedido a Valverde. Certo é que o jogador continua a jogar poucos minutos e poderia decidir ir embora, até porque tem vários interessados. O Nápoles, por exemplo, já teria demonstrado interesse, oferecendo até 30 milhões de euros pelo galego. Valverde estaria disposto a aceitar esse valor, mas os jogadores vão contestar, ficando a dúvida a pairar.