A história está a dar que falar. O presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama, no seu último discurso do Estado da União,em Washington, elogiou o casal norte-americano Sue Ellen e David Grammer (que perdeu a vida em 2014). Até aqui nada preocupante, mas a situação muda de figura quando se descobre que eles foram 'amigos do alheio' que fugiram às autoridades em 1995, mudando-se para Portugal, mais concretamente para Silves. Ali permaneceram 7 anos.

Durante a sua permanência nos nosso país, assumiram-se como Susane e Michael Grammiere e vários amigos referiam que o casal esteve envolvido em esquemas ligados ao imobiliário.

Em 2002, decidiram apresentar-se na Embaixada dos Estados Unidos, assumindo assim os seus crimes e foram condenados a 7 anos de prisão.

Após as suas libertações, fundaram uma associação que pretende melhorar a qualidade das prisões norte-americanas e também ajudar a reintegrar os reclusos na sociedade. Por esta razão, Sue Ellen mereceu o reconhecimento de Obama, assistindo ao discurso do presidente a partir do camarote onde se encontrava também Michelle Obama. 

"[Estas pessoas] personificam o tempo que o Presidente Barack Obama esteve no poder e, mais importante, representam-nos como americanos: são inclusivos e têm compaixão, são inovadores e corajosos", declarou a Casa Branca no documento que anunciava os convidados.

Os temas do discurso de Obama

Para além desta surpreendente homenagem, o presidente dos Estados Unidos, que cumpre o último ano de mandato, falou durante o discurso do Estado da União sobre vários assuntos, nomeadamente uma análise aos seus 8 anos (realçando a aproximação de relações com Cuba e a recuperação financeira do seu país), a atual campanha dos candidatos à sua sucessão (onde reprovou as ideias de Trump, afirmando que é necessário respeitar os imigrantes), o terrorismo e a necessidade de investir mais na evolução tecnológica (para travar problemas como as mudanças climáticas).

Os melhores vídeos do dia

Ao contrário do que se esperava, curiosamente, não foi abordado um tema escaldante: a captura de soldados americanos pelo Irão. #Curiosidades #Política Internacional