Advertisement
Advertisement

Cabo Verde regista uma triste realidade. Este país africano, com cerca de 500 mil habitantes, fazendo parte da rota do tráfico internacional de estupefacientes, sofre com consumidores de Drogas e álcool que se iniciam no vício cada vez mais cedo. As principais vítimas são os adolescentes de 10 a 15 anos. O dado foi divulgado pela Comissão de Coordenação do Combate à Droga (CCCD), no Dia Mundial Contra o Uso e o Tráfico Ilícito de Drogas.

De acordo com o estudo, 58% dos utilizadores no país consomem drogas desde os 10 anos de idade, como explica a secretária executiva do CCCD, Fernanda Marques.

"É possível tratar o consumo de droga, desde que haja uma rede eficaz de prevenção. Além de continuar no caminho que se está, é preciso ter intervenções de vários atores para se poder fazer uma prevenção eficaz”, relata a especialista.

Advertisement

Nesse sentido, Cabo Verde conta com o apoio de diversas instituições para combater o consumo de drogas. Entre elas, destaca-se a Igreja Universal do Reino de Deus de Cabo Verde. Instalada no país desde 1993, a instituição desenvolve o programa "Saiba Dizer Não", sucesso em vários países do mundo, como Brasil, Argentina, Japão, Estados Unidos e Suécia.

O programa social tem por objetivo levar o adolescente a refletir sobre os perigos e as consequências do uso das drogas lícitas e ilícitas. A mensagem de consciencialização é levada aos jovens por intermédio de shows, teatro, dança e palestras de especialistas e de ex-toxicodependentes. Nos últimos cinco anos, mais de 206 mil jovens cabo-verdianos participaram dos eventos programados pela Universal no país.

A Organização Mundial da Saúde estima que 246 milhões de pessoas – cerca de 5% da população mundial com idade entre 15 e 64 anos - tenha consumido drogas em 2013.

Advertisement
Os melhores vídeos do dia

O Relatório Mundial sobre Drogas de 2015 aponta que homens consomem mais cannabis, cocaína e anfetaminas, enquanto que as mulheres se inclinam para substâncias derivadas do ópio e tranquilizantes. 

De acordo com a OMS, em 2013, ocorreram aproximadamente 187 mil mortes relacionadas com as drogas.