O mundo está a viver dias caóticos, onde a pandemia covid-19 causada pelo novo coronavírus tem assustado muitas pessoas ao longo do globo. As pessoas estão atentas e preocupadas sobre o que irá acontecer nos próximos dias.

A população está em busca de informações e a informar-se o quanto pode sobre a doença. Medidas preventivas foram criadas um pouco por todo o lado, incluindo no Brasil, para mitigar o contágio do vírus.

Reportagem da Globo

A Rede Globo, no Brasil, vem fazendo várias reportagens nos últimos dias para alertar a população sobre a doença. Nesta última segunda-feira, dia 30 de março, a emissora apresentou uma reportagem que chocou a todos.

A reportagem foi exibida no SPTV 1, onde o telejornal mostrou imagens do Globocop, mostrando como é feito um enterro de uma vítima do coronavírus. A grande polémica envolvendo a reportagem foi a exibição de cenas fortes num horário em que os telespectadores estariam a almoçar. Nas imagens apresentadas pela emissora, mostravam o enterro de uma vítima da covid-19, no Cemitério da Vila Formosa, em São Paulo; nela também foram exibidas as covas que estavam a ser preparadas para novas vítimas da doença.

A reportagem foi feita por Zelda Mello, onde a repórter explicou como é feito o enterro. Os especialistas utilizavam máscaras e luvas especiais e o enterro não poderia ser muito demorado.

Polémica envolvida

As cenas apresentadas no telejornal chocaram os telespectadores e até mesmo o apresentador do jornal. A falta de humanidade e de carinho com as vítimas chocaram as pessoas, onde até mesmo os parentes estavam a ser impedidos de se despedirem dos entes queridos. É um dos dramas da covid-19, por ser altamente contagiosa.

A repórter que fez a narrativa dos factos revelou que em apenas 10 minutos, ela já tinha presenciado dois enterros, onde o coveiro estava com roupas especiais e tinha pouquíssimas pessoas a participar e a despedir-se.

As cenas apresentadas, assim como os factos mostrados, deixaram a população assustada.

Nas redes sociais a Rede Globo foi criticada pelos utilizadores. Ainda no estúdio do programa, César Tralli apresentou desconforto pela reportagem e ficou com a voz embargada.

A repórter que apresentou a notícia relatou que era difícil imaginar "o que os parentes dessas pessoas devem sentir”. O apresentador do telejornal, César, ainda relatou que as pessoas precisam de se mobilizar para que possamos minimizar os impactos feitos pelo novo vírus.

Reação do público

Os internautas relataram nas redes sociais as suas insatisfações com a reportagem apresentada na Rede Globo. Os utilizadores da rede reclamaram que as imagens foram apresentadas à população num horário inadequado, quando havia mesmo "crianças vendo".

Entre os comentários feitos sobre a reportagem, os utilizadores relataram as cenas fortes apresentadas pelo telejornal, que tem um grande potencial de assustar ainda mais a população, que já está bastante preocupada com as consequências da pandemia.

Não perca a nossa página no Facebook!