Os Blind Zero esgotaram o Auditório Municipal de Lousada para um concerto que se dizia acústico, mas que contou com a energia contagiante da banda e tornou difícil ao público ficar sentado. Durante cerca de 1h30 o público contou com a boa disposição da banda e não se poupou nos aplausos.

"É acústico, é suposto ser baixinho", lembravam os elementos da banda após cada Música que se traduzia numa verdadeira explosão de energia. A banda deu o primeiro concerto de uma série de espectáculos que terão lugar em Lousada na iniciativa "Noites Acústicas".

Este foi o segundo concerto da Tour da banda do Porto - após actuarem na sexta-feira em Braga - que tem como tema os 20 anos do grupo. "Haverá uma série de concertos acústicos aqui, se estiverem enganados no primeiro também não faz mal", tranquilizava Miguel Guedes, mas o público parecia não se importar.

"É acústico porque estamos sentados" lembrava outro elemento, o que era verdade, de facto, mas rapidamente essa situação se alterou. Assim que começaram os acordes da música Back To The Fire, o vocalista da banda levantou-se e a ele seguiram-se todos os elementos, pondo de lado qualquer possibilidade de se tratar de um concerto acústico. O público também se levantou e foi ao rubro com a energia da banda.

Depois seguiram-se então dois temas realmente acústicos. O palco esvaziou-se para ficarem apenas Miguel Guedes e Nuxo Espinheira, para uma música do primeiro álbum, apenas com voz e guitarra. Seguiu-se então o primeiro e único cover da noite, uma versão da música Stay With Me, de Sam Smith, que deixou o público a cantar a uma só voz.

Quase no fim do concerto, houve ainda tempo para chamar ao palco três jovens do Conservatório do Vale do Sousa, que acompanharam com um trompete e dois saxofones durante um dos temas da banda.

Os melhores vídeos do dia

Já no fim do concerto, após o público pedir para voltarem - por duas vezes- houve ainda tempo para um divertido apontamento histórico sobre a origem da palavra maratona, que levou o público ao riso.

A banda comemora 20 anos de carreira a 29 de janeiro e este foi o segundo concerto da Tour comemorativa dessa data, depois de terem começado com um concerto no Theatro Circo em Braga.