Depois de vermos as épocas entre 2005 e 2010, analisamos agora as restantes 5 temporadas dos encarnados, e seus respectivos heróis.

2010/2011 - Fábio Coentrão

Depois de uma época fantástica, coroada com o reconhecimento mundial, o lateral esquerdo das Caxinas voltou a brilhar de encarnado, fazendo uma temporada com muito acerto defensivo, e continuando a sua saga tresloucada pela faixa esquerda, fazendo a cabeça em água a muitas defesas em Portugal, e na Liga Europa, onde o Benfica atingiu as meias-finais, depois de Coentrão ter silenciado Lyon com dois golos, na Liga dos Campeões.

2011/2012 - Óscar Cardozo

Tacuara entraria facilmente em várias épocas aqui descriminadas, mas foi em 11/12 que conseguiu um dos feitos mais heróicos da sua carreira de encarnado ao peito.

Embora, surpreendentemente, não tenha marcado qualquer golo ao Sporting, sendo até expulso num dos dérbis, finalizou a época em baixo de forma, mas no último jogo, nitidamente desgastado e a não conseguir correr, marcou um golo que lhe valeu o título de melhor marcador da Liga, ultrapassando Falcão. O festejo desse golo foi a sua saída de maca, sob aplauso de toda a nação benfiquista, até dos mais críticos do paraguaio.

2012/2013 - Lima

Foi a grande surpresa de início de temporada, vindo do Braga com a época em curso, e conquistou toda a irmandade benfiquista com 30 golos no início da época, relegando Cardozo para segundo artilheiro. Jogador feroz, que passou grande parte do seu tempo em divisões secundárias, conseguiu mostrar o seu valor já perto do final da carreira, tendo dado continuidade ao massacre de golos na temporada seguinte, onde foi campeão.

Vídeos destacados del día

2013/2014 - Enzo Pérez

O médio argentino já tinha convencido os adeptos na temporada anterior, mas foi na época do título onde arrebatou as bancadas da luz, e um pouco por toda a Europa. Marcou de vez o seu nome no mediatismo do Futebol internacional, com boas exibições no Campeonato do Mundo. Seria injusto não mencionar outros jogadores que contribuíram de forma importante para o título de campeão desta temporada, como Sálvio, Gaitán, Rodrigo, Markovic, Oblak, Lisandro ou Lima, mas foi Enzo Pérez quem mais brilhou, e até Jorge Jesus concordou.

Já atingimos os 15 jogadores prometidos no título deste artigo, mas, como a corrente época já está na fase final, decidimos arriscar com a grande figura desta temporada em curso.

2014/2015 - Jonas

O brasileiro chegou, marcou, e encantou, mas a verdade é que a época ainda não terminou. De qualquer forma, muito dificilmente alguém roubará o título de favorito da época encarnada a Jonas, o Mestre que também é Pistolas, e que promete continuar a brindar as bancadas da Luz com golos, e boas exibições.