Para muitos portistas, o FC Porto perdeu a cabeça por ter dado o místico nº2 a Maxi Pereira, um jogador que veio do rival Benfica. Contudo, o presidente Pinto da Costa não concorda e coloca o lateral uruguaio no nível de João Pinto e Jorge Costa, dois grandes jogadores da história dos dragões.

Publicidade
Publicidade

Para o presidente, Maxi Pereira, pela sua raça e determinação, é um jogador à FC Porto e vai fazer parte da história de uma página importante do clube. Em contrapartida, quem não gostou da mudança de Maxi para o rival foram os benfiquistas, que fizeram questão de "enforcar" o jogador ao lado do estádio da Luz.

Depois de Jorge Jesus e da surpreendente contratação de Iker Casillas, agora é a vez de Maxi Pereira voltar a agitar as águas, num dos mercados de transferências mais movimentados e quentes dos últimos anos. Se Maxi Pereira não é consensual no reino do dragão, sendo que algumas mensagens portistas são mesmo de desilusão por o uruguaio equipar com as cores do seu clube, Pinto da Costa não é da mesma opinião e, numa curta declaração publicada na imprensa nacional, confessou mesmo que Maxi tem a mística do clube e pode muito bem entrar na sua história, estando encarregue da camisola nº2 do FC Porto.

Maxi Pereira foi "enforcado" pelos benfiquistas.
Maxi Pereira foi "enforcado" pelos benfiquistas.

De facto, este número, carregado por históricos como é o caso de João Pinto e Jorge Costa, tem um significado diferente para os adeptos do FC Porto, sendo que este é apenas entregue a jogadores que carregam a mística do clube e são amados pelos seus adeptos. Ora, pelo menos para já, Maxi Pereira é tudo menos amado por grande parte dos portistas, a julgar pelas mensagens nas redes socais, e o FC Porto mostrou novamente uma enorme inteligência de gestão de jogadores, fazendo com que este não aterrasse em Portugal depois de regressar de férias, a fim de evitar novas polémicas.

Publicidade

Se no FC Porto Maxi Pereira é já comparado aos históricos do clube por Pinto da Costa, nos lados da Luz o agora jogador do rival é completamente odiado. O uruguaio viu a sua imagem ser "enforcada" por adeptos das claques do Benfica, ao lado do estádio da Luz. Os responsáveis benfiquistas retiraram rapidamente o cartaz enforcado, mas este já é viral nas redes sociais. O mercado de transferências ainda agora começou, mas este já faz com que a próxima época seja a mais aguardada do século.

Teremos mais "traições" para ajudar a incendiar ainda mais o defeso?

Leia tudo