Nesta quarta-feira (8 de Fevereiro), sete pessoas foram detidas pela Polícia de Segurança Pública (PSP) de Setúbal. As detenções resultaram de mais uma mega operação policial levada a cabo pela PSP no distrito de Setúbal e no Algarve. Um dos sete elementos detidos era do sexo feminino. Os detidos são suspeitos de pertencerem a uma rede de tráfico de droga que actuava na região do Algarve, mas que também fornecia a península de Setúbal. Segundo a edição online do Notícias ao Minuto, foram realizadas várias buscas domiciliárias, das quais resultaram a apreensão de diversas armas de fogo, tais como uma metralhadora, uma carabina, duas caçadeiras, duas pistolas e até mesmo dois coletes à prova de bala.

Além de armas de fogo, foram ainda apreendidos 120 quilos de produtos estupefacientes (haxixe), sete carros de alta cilindrada, telemóveis, objectos em ouro e ainda 60 mil euros em dinheiro.

Foi aproximadamente há um ano que a PSP de Setúbal iniciou esta investigação criminal e, por isso mesmo, já tinham sido feitas quatro detenções e apreendidos 60 quilos de haxixe. Agora, durante esta quarta-feira, foram mesmo sete os detidos. Todos apresentavam ter cerca de 30 anos, e apenas um era do distrito de Setúbal, sendo que todos os restantes serão do Algarve.

Todas as detenções e apreensões feitas contribuíram para desmantelar uma rede de tráfico de droga que actuava em várias zonas do país. Esta quinta-feira, 9 de Fevereiro, os suspeitos irão ser presentes a tribunal para conhecer as medidas de coação que lhes serão aplicadas.

Os melhores vídeos do dia

Mais uma operação policial efectuada pela PSP no âmbito do combate ao tráfico de armas e drogas. Aguarda-se agora que justiça seja feita e que o tribunal actue de forma justa e adequada. Que o trabalho da polícia não tenha sido em vão, e que os detidos sejam condenados pelos crimes cometidos. Já está na hora da justiça portuguesa começar a funcionar devidamente. Está na hora dos criminosos em Portugal serem julgados e condenados de forma assertiva e justa.