A chegada de um novo ano traz consigo as recorrentes promessas e desejos que fazemos logo depois da meia-noite. Por norma, estabelecemos novas metas e prometemos melhorar algo em que não estamos tão satisfeitos. Muitas vezes, vejo nesta altura do ano vários artigos que prometem uma receita milagrosa para melhorar o nosso hábito de leitura.

Quase sempre é apresentada uma fórmula mágica que nos vai ajudar a organizar o nosso tempo.

Os mais audazes garantem que vamos ter tempo para ler, pelo menos, cem Livros nos próximos doze meses. Outros destemidos ensinam-nos a ler um livro de quinhentas páginas em uma semana. Os mais ousados criticam as pessoas que não conseguem ler um livro por mês. Temos também os que desafiam e incitam com palavras acutilantes a ler pelo menos trinta minutos diariamente, ou então teremos de ler, no mínimo, dez páginas por dia.

São inúmeros os artigos que estão ao nosso dispor e que nos convidam a fazer breves exercícios.

Encontramos vários que sugerem que organizemos o nosso dia de forma a pegar diariamente num livro. Por vezes, lemos aqueles que nos ensinam a matemática de como conseguir ler uma página a cada três minutos. Também é comum depararmo-nos com os que ajudam a estabelecer prazos diários, ou em como fazer resumos e anotações.

Todas estas regras e exaustivas técnicas prometem ser eficazes quando nos dispomos a ler livros fáceis.

Encontramos sempre uma ressalva se estivermos a falar de um clássico, nesse caso aconselha-se o leitor a saborear com tranquilidade.

Uma proposta diferente

Ora, a proposta deste artigo é outra. Este ano, proponha-se a:

  • Degustar todos os livros que ler;
  • Sorver os pequenos detalhes;
  • Estabelecer contacto com autores contemporâneos;
  • Fazer ouvir a sua opinião;
  • Debater sobre os seus gostos;
  • Falar de um livro com outra pessoa;

Sem dúvida é importante cultivar o hábito da leitura, e todos sabemos que é uma rotina que deve ser incentivada desde tenra idade.

Os benefícios da leitura

Já sabemos que ter o costume de ler livros pode ajudar a:

  • Ultrapassar ou resolver vários problemas da nossa vida;
  • Ajudar a interpretar melhor o mundo que nos rodeia;
  • Estabelecer mais facilmente laços sociais com os demais;
  • Facilitar na procura de novas relações sociais;

A lista de benefícios é extensa.

Este ano proponha-se a ter prazer em todos os livros que ler:

  • Não corra atrás de uma meta;
  • Não estabeleça prazos;
  • Deixe-se levar pela história que lhe está a ser contada;
  • Releia;
  • Absorva sem pressa;

Faça uma pausa.

Pense no que acabou de ler. Conte a sua experiência.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo