"Lúcifer" entrou na vida dos seus fãs no início do ano 2016, e apesar de te ter tido um mau início no canal da Fox, ela hoje em dia está a ser patrocinada pela Netflix, e desde aí o seu sucesso não parou de aumentar.

Esta série conta a história de um diabo de carne e osso na Terra, que depois de milhares de anos a governar o inferno, decide ir tirar umas férias a Los Angeles. Curioso o facto de que ao contrário da ideia que se tem do diabo, Lúcifer é altruísta e generoso. Desta forma, consegue-se entender que para os religiosos, esta é uma série que remete para pessoas com uma mentalidade maliciosa, mas ao contrário desta ideia, Lúcifer não remete quase nada para religião, sendo mais uma série de humor irónico.

Ainda nesta série vemos que o pai do Diabo, ou seja Lúcifer, é Deus, e que ele não tem uma boa relação nem com o seu pai nem com os seus irmão, sendo que alguns destes são anjos.

Após um breve resumo acerca da série, irá passar-se a citar algumas das grandes lições de vida que esta série nos proporciona.

Desenvolva a sua confiança

"Lúcifer" é uma série que demonstra que é necessário ter confiança em nós mesmos, em que não nos devemos abalar por qualquer opinião, pois se não confiamos em nós mesmos quem confiará?

Não ligue à opinião dos outros

Esta é uma lição que está bastante associada à anterior, pois quando se tem autoconfiança, a opinião negativa por parte dos outros é algo que não deve afetar.

"Lúcifer" demonstra-o uma vez que é uma pessoa altruísta e generosa, mesmo que toda a gente tenha uma imagem dele contrária a esta. O personagem não demonstra qualquer preocupação com a opinião malvada que têm dele, não se deixando abalar pelos julgamentos feitos acerca dele. E esta é uma lição extraordinária que todos devemos seguir.

Assuma a responsabilidade

Não basta ter autoconfiança, pois assumir a responsabilidade pelos nossos erros é igualmente importante para ser honesto e correto, não só com os outros, mas também consigo mesmo.

No caso de "Lúcifer", este é um aspeto que está em falta, uma vez que este é uma das maiores dificuldades do personagem, uma vez que ele tem dificuldade em assumir a responsabilidade pelos seus próprios erros. Este aspeto é demonstrado na série quando Lúcifer se apercebe que os seus fracassos são resultado das suas próprias ações, e não porque é manipulado pelo seu pai.

Quando Lúcifer tem esta perceção, ele entra num processo de maturidade pessoal.

"Lúcifer", apesar de ser uma série de humor, traz consigo alguns aspetos que nos levam a refletir sobre o porquê de determinadas coisas, e ao mesmo tempo consegue de uma forma atrativa alertar para aspetos que se pode ter em conta para nos tornarmos pessoas com maior autoconfiança, mais maduras e assim arrancarmos o melhor de nós.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo