Em frente ao jardim do Passeio Alegre, edifício do século XIX esventrado, ladeado por palacete revivalista e prédio dos anos 50 do século XX.
Casa oitocentista destruída, com frontispício para o forte de São João Baptista da Foz e traseiras para a rua do Padre Luís Cabral.
Casas recuperadas na rua da Cerca (com ruas do Padre Luís Cabral e Senhora da Luz), sem solução para cabos eléctricos e lixo.
Casa esventrada de finais do século XIX, na rua da Cerca, actualmente já sem fachada.
Casa oitocentista recuperada, na rua Miguel de Sousa Guedes, com vista para acrescentos de casa sem chaminé adequada e solução para ventiladores.
Conjunto de casas esventradas, na rua do Padre Luís Cabral, precisamente junto à casa ocre onde o religioso nasceu e viveu sem a indicação.
Pormenores de casa reconstruída na rua do Padre Luís Cabral, com fachada algo respeitada e sem solução para cabos eléctricos.
Condomínio em construção que sacrificou duas casas oitocentistas, na avenida do Brasil, junto a exemplos de acrescentos pouco ortodoxos.
Conjunto de casas recuperadas e reabilitadas, na rua da Senhora da Luz (com a rua da Cerca), sem solução para ventiladores à vista.
Por entre casas mais ou menos recuperadas, reabilitadas, descaracterizadas e até a cair, na rua do Padre Luís Cabral.
1 de 10

Photogallery - Foz Velha do Porto: conjunto classificado descurado e com falhas na vistoria