Um motociclista de 42 anos e uma mulher de 69 anos morreram nesta quinta-feira, 29 de Março, na sequência de dois acidentes. As trágicas colisões ocorreram em Vila Nova de Cerveira e em Pombal. Neste concelho da região Centro, a vítima mortal ficou carbonizada nos escombros do automóvel que conduzia após ter chocado frontalmente com um pesado de mercadorias. As causas e as circunstâncias em que ocorreram os acidentes estão a ser apuradas pelo Núcleo de Investigação Criminal de Acidentes de Viação da Guarda Nacional Republicana (GNR).

Motociclista de 42 anos morre em colisão

Uma violenta colisão entre um automóvel ligeiro de passageiros e um motociclo, ocorrido cerca das 16 horas na Estrada Nacional 13 (EN13) na freguesia de Campos e Vila Meã, no concelho de Vila Nova de Cerveira, provocou a morte de um homem de 42 anos.

A vítima, que conduzia o veículo de duas rodas, faleceu no local, tendo os ocupantes do automóvel sofrido ferimentos ligeiros. Fonte da Guarda Nacional Republicana (GNR) informou que a colisão ocorreu num cruzamento, com instalação de sinalização semafórica, desconhecendo-se, por agora, em que circunstâncias aconteceu.

Nas operações de socorro estiveram envolvidos os Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Cerveira auxiliados por uma ambulância Suporte Imediato de Vida (SIV) e da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM). Os feridos foram transportados para o Hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo, enquanto o corpo da vítima mortal foi encaminhado para o Gabinete Médico-Legal e Forense do Minho-Lima, na mesma cidade.

Mulher carbonizada em choque com camião

Uma mulher, de 69 anos, morreu na manhã desta quinta-feira, na sequência de uma colisão, aparentemente frontal, entre o automóvel ligeiro que conduzia e um veículo pesado de mercadorias.

Os melhores vídeos do dia

O Acidente ocorreu por cerca das 11h30 no Itinerário Complementar nº 8 (IC8), no concelho de Pombal, distrito de Leiria. Após a violenta colisão, o automóvel incendiou-se e a vítima ficou carbonizada.

Segundo o comandante dos Bombeiros Voluntários de Pombal, Paulo Albano, quando os operacionais chegaram ao local depararam-se com o veículo completamente tomado pelas chamas, o que impossibilitou o socorro à vítima encarcerada. Só após a extinção do incêndio é que os bombeiros conseguiram remover o cadáver carbonizado, tendo o óbito sido declarado no local pelo médico da VMER do INEM. Por sua vez, o condutor do veículo pesado saiu ileso do acidente. A trágica colisão obrigou à interrupção a circulação rodoviária, em ambos os sentidos, naquele itinerário complementar do distrito de Leiria.