A Associação Cidadãos de Esposende solicitou ao presidente da câmara municipal de Esposende, Benjamim Pereira, um sistema de videovigilância para a cidade com o intuito de garantir maior segurança à população e aos comerciantes. Segundo os responsáveis da associação, a implementação de videovigilância em Esposende é necessária tendo em conta os recentes assaltos, em novembro de 2019. A cidade esteve cinco dias com assaltos consecutivos: 10 carros, duas escolas e quatro estabelecimentos foram assaltados.

Uma vaga de assaltos que certamente poderia ser evitada com um sistema dissuasor que permitiria, por outro lado, apoiar as forças de segurança em posteriores investigações. A GNR realiza um trabalho notável na defesa e prevenção, mas é impossível aos homens e mulheres estarem em todos os locais.

Tecnologia no apoio à segurança

São cada vez mais as cidades portuguesas que optam por colocar um sistema de videovigilância. Leiria, com 19 câmaras, é um exemplo de como o sistema permitiu reduzir o número de assaltos.

A existência do sistema de videovigilância pode ser um factor dissuasor da prática de ilícitos e incivilidades.

Esposende quer afirmar-se como destino turístico e para isso deve inovar, mostrar que realmente se quer afiançar como uma SmartCity, com ações reais e implementação de novos projetos. A Associação Cidadãos de Esposende vem solicitando a Benjamim Pereira maior inovação: um Summit que permita as empresas mostrar o seu potencial ou apoio para os jovens do concelho de forma a estes lograrem desenvolver as suas ideias são alguns dos projetos apresentados que aguardam resposta do presidente da câmara municipal.

A videovigilância vai certamente trazer maior segurança, não apenas para os residentes mas para todos aqueles que procuram Esposende como destino turístico; se a segurança aumenta, certamente aumenta o número de visitantes no concelho tendo um impacto direto na economia local.

Objetivos em 2020

A Associação já definiu as suas metas para 2020 e uma das “bandeiras” deste novo ano será defender Esposende e os interesses dos Esposendenses através de uma maior intervenção junto da comunidade.

Para os responsáveis desta Associação, o concelho precisa de uma voz interventiva e na conjuntura atual não vemos quem apresente ideias ou projetos que permitam a Esposende crescer e desenvolver o seu potencial. Não queremos apenas corridas, passeios, concertos ou obras de arte, queremos muito mais porque podemos e devemos fazer muito mais pelo concelho e pelos que aqui residem – é desta forma contundente que a associação prepara o novo ano.

Não perca a nossa página no Facebook!