Anúncio
Anúncio

O homem, de 48 anos, que costumava seguir os estudantes, preferencialmente à noite, atacando-os com recurso a uma arma branca, foi detido e será presente a tribunal. Há registo de agressões, ameaças e tentativas de violação. A Polícia de Segurança Pública do Comando Metropolitano do Porto cumpriu ontem, dia 18 de junho, um mandato de detenção na residência de um homem suspeito de assaltos e outros tipos de crimes. Segundo fonte da PSP, "o indivíduo é suspeito da prática de diversos ilícitos contra o património", acrescentando ainda que esta detenção "pôs termo a uma situação de alarme social e sentimento de insegurança na população".

A PSP andava a investigar o caso há algum tempo, após várias denúncias de estudantes que diziam ser ameaçados, agredidos e assaltados pelo suspeito em questão, que lhes furtava os bens pessoais e em alguns casos tentava ainda violar, nunca tendo, no entanto, consumado esse acto.

Anúncio

Suspeita-se que o homem estaria mais activo nos roubos durante o período em que decorreram os festejos universitários da Queima das Fitas, sendo que foi nessa fase que se registou um maior número de ocorrências, com o assaltante a aproveitar a confusão devido ao número elevado de pessoas e também à vulnerabilidade de alguns estudantes que se afastavam sozinhos do recinto em direcção a ruas menos iluminadas.

Os estudantes que residem na zona do Porto costumam ter alguns problemas com a criminalidade da área, sendo comuns os relatos de assaltos e agressões deste género, com recurso a armas brancas e armas de fogo. De recordar que há cerca de um ano existiu uma vaga de assaltos no Pólo Universitário da Asprela que alarmou os estudantes.

Anúncio
Os melhores vídeos do dia

As vítimas e os assaltos foram tantos que chegou mesmo a ser criada uma página na rede social Facebook onde eram denunciadas as fotografias e os actos de alguns dos assaltantes. Alguns dos visados na página chegaram mesmo a ameaçar quem deixava comentários. Também se sabe que alguns estudantes tiveram alguns problemas devido ao conteúdo publicado na página da rede social.