Foi um sábado trágico para dois motociclistas que perderam a vida em estradas do distrito do Porto. Os dois acidentes mortais ocorreram nos concelhos de Marco de Canaveses e Paços de Ferreira. As vítimas tinham 72 e 43 anos, respectivamente, e residiam nas proximidades dos locais onde ocorreram os trágicos acidentes. As autoridades estão a investigar as causas e em que circunstâncias ocorreram as duas ocorrências que envolveram veículos de duas rodas.

Colisão mata homem de 72 anos

António Barbosa, de 72 anos, morreu ao início da tarde deste sábado, 28 de Abril, na Estrada Municipal 588 (EM588), em Vila Boa de Quires, no concelho do Marco de Canaveses.

Tratou-se de uma colisão entre um motociclo, conduzido pela vítima, e um veículo ligeiro de mercadorias, conduzido por um jovem de 23 anos.

De acordo com algumas testemunhas, o motociclista, que residia a cerca de um quilómetro do local do Acidente, foi colhido pela carrinha quando esta entrava na EM588 sem, supostamente, respeitar um sinal de Stop.

A vítima sofreu ferimentos considerados graves na zona da cervical, mas apesar do socorro prestado pelos Bombeiros Voluntários do Marco de Canaveses, não conseguiu resistir, acabando por falecer. A sua mulher, que se deslocou ao local após o acidente, teve de ser transportada ao Hospital Pedro Américo, unidade do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, devido ao seu estado de ansiedade e pânico. O corpo da vítima foi removido e transportado para o Gabinete Médico-Legal Forense, onde será realizada a respectiva autópsia.

Motociclista de 43 anos morre em despiste

Cerca de meia hora mais tarde, o Comando Distrital das Operações de Socorro do Porto, da Autoridade Nacional de Protecção Civil, foi alertado para um segundo acidente envolvendo, igualmente, um motociclista. Desta vez, em Meixomil, no concelho de Paços de Ferreira.

Os melhores vídeos do dia

Sérgio Alves, de 43 anos, conduzia um motociclo na Rua do Marco, muito próximo da habitação onde residida com a mulher e um filho de 10 anos, quando perdeu o controlo do veículo, tendo sido projectado, embatendo com violência num poste de electricidade. Quando os Bombeiros Voluntários de Paços de Ferreira chegaram ao local depararam-se com a vítima em paragem cardiorrespiratória. Nas operações de socorro participaram, também, a tripulação da ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) e da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM). Contudo, apesar dos esforços e das manobras de reanimação executadas pelos socorristas, a vítima não resistiu aos ferimentos, tendo o óbito sido declarado no local do acidente.