Anualmente a Lagoa de Santo André é aberta o mar, conseguindo-se, deste modo, numa primeira instância, a renovação da água desta lagoa. No entanto, torna-se também fundamental manter ativo este processo para que seja possível assegurar a constante limpeza e lavagem do fundo da mesma. Esta iniciativa, que noutros tempos era feita manualmente, é agora desenvolvida com o apoio de máquinas e novas técnicas, que para além de diminuírem o esforço e tempo empregue nesta tarefa, facilitam a entrada de algumas espécies piscícolas nesta lagoa, como os alvins e as enguias.

Publicidade
Publicidade

Porém, este ano a abertura da lagoa de Santo André ao mar, marcada para o próximo dia 19 de março, às 15h30, traz algumas novidades para os seus visitantes. Será neste dia e neste local que os artistas André Banha e Orlando Franco irão apresentar a sua obra "Observatório da espera, da luz e do tempo", elaborada com matérias de origem urbana e originalmente exibida no ciclo de ações da Trienal no Alentejo.

Aproveitando o areal circundante à lagoa, esta obra estruturada em latejas de betão e manilhas de cimento, vai permitir aos visitantes uma constante interação e observação da paisagem à sua volta.

Publicidade

No entanto, no dia 7 de abril, esta obra assente numa zona de observação e espera será removida do local, voltando a Lagoa de Santo André a respeitar os seus limites espaciais, características geográficas e elementos sociais.

Deste modo, a autarquia santiaguense espera que a inauguração deste observatório, bem como a abertura da lagoa ao mar, represente uma ocasião especial na qual se reúnam centenas de pessoas. A Câmara Municipal de Santiago do Cacém relembra que este é um espetáculo de rara beleza, realizado sempre próximo do equinócio da primavera e bastante importante para a saúde ambiental da região.

Recorde-se que este processo está atualmente a cargo da Agência Portuguesa do Ambiente, embora já tenha sido da responsabilidade da autarquia de Santiago do Cacém, bem como da Reserva Natural das Lagoas de Santo André da Sancha.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo