A cadeia norte-americana de cafetarias Starbucks vai começar a testar o serviço de entregas ao domicílio nas cidades de Seattle e Nova Iorque. O aumento de vendas e a redução de filas nas coffehouses são os principais objetivos do projeto-piloto que arranca no segundo semestre deste ano.

Publicidade
Publicidade

A intenção de criar um serviço de entregas ao domicílio foi anunciada pelo CEO Howard Schultz em outubro do ano passado, e na passada quarta-feira, dia 18, a empresa confirmou a sua implementação em duas cidades norte-americanas, que terão os seus próprios sistemas de entrega. Na cidade de Nova Iorque, o serviço vai ser lançado em edifícios como o Empire State Building, onde já existe uma loja da Starbucks, e a entrega será feita dentro daquele espaço pelos empregados "de avental verde".

Empire State Building usufruirá do novo serviço
Empire State Building usufruirá do novo serviço

Na fase inicial, só serão aceites pedidos efetuados através da Internet.

Em Seattle, a Starbucks vai estabelecer parceria com a empresa de entregas Postmates. Efetuado o pedido através da aplicação móvel, o courier da Postmates, que dispõe de transporte próprio, fará a entrega do mesmo ao cliente da Starbucks. Os detalhes dos dois sistemas de entrega ainda estão a ser discutidos. Para usufruir do serviço não haverá valor mínimo exigido, mas as entregas terão uma taxa fixa.

Publicidade

Cada pedido poderá demorar cerca de 30 minutos a ser entregue e o período de entregas ainda não foi determinado.

A implementação do projeto-piloto em Seattle e Nova Iorque ajudará a perceber de que forma o serviço de entregas ao domicílio pode operar em localidades com menor ou maior densidade populacional e avaliar a recetividade dos clientes. Caso tenha sucesso, o projeto poderá ser alargado a outras cidades dentro e fora dos EUA. A par da aposta neste serviço, a empresa está a desenvolver a aplicação móvel para que possa ser utilizada para fazer pedidos e pagamentos com os dispositivos móveis.

A Starbucks foi fundada em 1971, em Seattle, e está hoje presente em mais de 50 países, com mais de 17.000 lojas abertas ao público. Em Portugal, a primeira loja da multinacional norte-americana abriu em setembro de 2008, no Centro Comercial Alegro, em Alfragide.

Leia tudo