O ator Jeremy Renner irá partilhar a custódia da sua filha de 2 anos com a sua ex-mulher Sonni Pacheco. O casal estava a disputar a guarda em tribunal, mas conseguiu chegar a acordo na quarta-feira, 1 de abril, após um dia de negociações. O juiz Michael Whitaker, do tribunal de Los Angeles, aprovou o acordo.

Publicidade
Publicidade

Chega assim ao fim uma disputa que prometia tornar-se feia, com acusações de parte a parte, e os dois poderão agora enfrentar a separação em paz.

A modelo canadiana entrou com o processo de divórcio no início de dezembro, ao fim de apenas 10 meses de casamento. Ambas as partes, que levantaram acusações sobre a parentalidade um do outro, iriam ser ouvidas numa audiência que estava marcada para a quinta-feira passada. No entanto, ambos acabaram por chegar a acordo e irão partilhar a custódia legal e física da filha Ava, que era o que Renner pretendia, enquanto a sua ex pedia a guarda total.

Jeremy Renner, protagonista de Estado de Guerra
Jeremy Renner, protagonista de Estado de Guerra

Além disso, Sonni irá receber uma pensão de 13.000 dólares, para suportar as despesas da criança, mas não irá receber qualquer pensão em nome próprio, uma vez que o casal tinha um acordo pré-nupcial. Como parte do acordo, Jeremy e Pachecho não poderão discutir nem fazer comentários depreciativos sobre o outro, nem sobre as famílias, na frente da criança e irão fazer um plano de parentalidade com a ajuda de um psicólogo. O acordo também estabelece como Jeremy irá passar tempo com a sua filha, quando estiver fora de Los Angeles em filmagens.

Publicidade

Após a sentença do juiz, Renner abraçou a sua advogada Laura Wasser, que disse que com o acordo de custódia podem agora finalmente chegar a um julgamento final de divórcio. O ator estava preparado para testemunhar numa audiência, mas as negociações acabaram por evitar isso. "Ambas as partes adoram a sua filha", disse o advogado de Sonni, acrescentando que eles "vão trabalhar juntos para cumprir as cláusulas de uma forma que torne a filha deles a vencedora de hoje".

O ator, que foi nomeado para dois Óscares pelos seus papéis em 'Estado de Guerra' e 'A Cidade', pode agora voltar a concentrar-se na sua carreira. Brevemente poderemos vê-lo no grande ecrã nos filmes 'Os Vingadores: A Era de Ultron' e 'Missão Impossível: Nação Secreta'.

Leia tudo