O mundo aguardava pelo parto de Kate Middleton e pela chegada do novo bebé real no passado dia 25 de abril. No entanto, já passaram 2 dias e até agora não há novidades. Agora, o jornal 'Telegraph' avança que o parto poderá ter que ser induzido. Recorde-se que já o príncipe George, o primeiro filho, nasceu uma semana após a data prevista. A probabilidade da criança nascer na data do aniversário de casamento de William e Kate (29 de abril) aumenta a cada dia que passa.

O 'The Daily Telegraph' adianta que o parto da Duquesa de Cambridge poderá ter que ser induzido, esta semana, caso não ocorra em circunstâncias naturais.

Publicidade
Publicidade

O jornal sugere que a data prevista seria no passado 23 de abril, embora outras fontes apostassem no dia 25. O que é certo é que ambas as datas já passaram e o bebé mais esperado da atualidade ainda não se deu a conhecer ao mundo. De acordo com uma fonte, "os médicos [da maternidade Lindo Wing do Hospital St. Mary] normalmente não esperam mais de uma semana". Catherine deverá agora discutir as suas opções com a equipa médica. A publicação refere que os médicos "provavelmente estão em contacto com Kate" e já terão falado sobre "o melhor dia para ela ser induzida", no caso de "o bebé não chegar nos próximos dois dias".

Publicidade

Nas suas últimas aparições públicas, Catherine revelou que estava à espera que o bebé real nascesse "entre o meio e final de abril". Um amigo da família real falou à 'Us Weekly' e revelou que Kate está "bem-humorada" enquanto espera pelo seu segundo filho, mas que "também está ansiosa que chegue a hora". O Hospital St. Mary está preparado para receber os Duques de Cambridge desde 15 de abril, tendo colocado barreiras e restrições de estacionamento. Middleton passou o fim de semana no Palácio Kensington, onde recebeu algumas visitas, incluindo a do Príncipe Harry, no sábado, de acordo com a publicação.

O irmão do Príncipe William voltou a Londres no fim de semana, mas terá que regressar à Austrália para terminar o seu compromisso com as forças armadas, o que fará com que não esteja presente quando o novo sobrinho (ou sobrinha!) nascer.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo