O Acidente foi no passado dia 17 de Abril e apanhou todos de surpresa. Pequenina Rodrigues embateu contra um carro da Brisa, em plena A5, quando este procedia a trabalhos de limpeza na via. O acidente foi aparatoso e as lesões tão graves que atiraram a designer de 59 anos para um coma profundo. Esta segunda-feira, dia 24 de Abril, chegou a pior notícia. A morte da namorada de Paulo Gonzo era um dos cenários descritos pelos médicos, assim que Pequenina Rodrigues entrou no Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal news

O quadro clínico era grave e a designer estava mesmo entre a vida e a morte. O cantor esperou uns dias e resolveu retomar a agenda. O coma da namorada impunha que todos esperassem e, por isso mesmo, Paulo Gonzo quis continuar a cantar enquanto aguardava por notícias.

Este domingo chegou a pior delas. Pequenina Rodrigues não resistiu aos ferimentos causados pelo acidente e faleceu. Paulo Gonzo chora a morte da namorada e os amigos já disseram que se perdeu um grande amor.

Todos estão em estado de choque e não compreendem em que circunstâncias é que se deu o acidente. A designer conduzia um Audi A3 e estava a fazer o percurso Lisboa - Cascais, às 23h30 do dia 17 de Abril, quando se deu o impacto. O cantor nunca quis falar do assunto em público e, sempre que apareceu, fez questão de mostrar um sorriso. No último compromisso, Paulo Gonzo tirou uma selfie com Carolina Torres e com Tiago Bettencourt, apresentadora e convidado do programa "Milkshake", do Meo Music. Apesar de estar com o coração aflito e destroçado com o acidente, o cantor fez um sorriso e cantou.

Os melhores vídeos do dia

Recorde-se que Paulo Gonzo perdeu o pai em Janeiro de 2013, fruto de um atropelamento. Virgílio Paulo, de 82 anos, estava a atravessar a estrada para apanhar o autocarro e foi colhido por um carro da PSP. O acidente foi junto à Igreja de Benfica e o pai do cantor teve morte imediata. Os amigos referem que Paulo Gonzo nunca de recompôs da perda e que ainda tem essa ferida aberta, quando vê partir a namorada, aqueles que todos dizem ser "o grande amor da vida dele".