Quando Cristiano Ronaldo e Irina Shayk terminaram a sua relação, no início do ano, surgiram todo o tipo de rumores. Teria a modelo russa um problema com a mãe e ter-se-ia recusado a ir à sua festa de aniversario? Sentir-se-ia na sombra da fama e da popularidade de CR7, como chegou a sugerir numa entrevista, onde disse que se sentia "feia e insegura" junto do português? Apesar de todas estas versões terem chegado aos jornais nos últimos meses, parece que a verdadeira razão para a separação só agora terá sido revelada: Ronaldo, alega a russa, enviou mensagens a "dezenas de raparigas" em todo o mundo.

A história vem este domingo na manchete do tablóide britânico The Sun.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal news

"A modelo russa, de 29 anos, terminou a relação de cinco anos após ter descoberto as mensagens que a estrela do Real Madrid, de 30 anos, enviou a dezenas de mulheres em todo o mundo.

Ronaldo confessou à namorada depois de um ataque de fúria na véspera de Ano Novo", escreve o jornal.

Irina terá confessado esta "traição" a uma "fonte próxima do casal". Segundo essa fonte, isto foi o que a supermodelo terá dito: "Agora sei a verdade e sinto-me completamente traída. Confiei nele e fiquei com ele quando havia rumores de que ele tinha estado com outras mulheres. Sinto-me estúpida por ter sido enganada pelo Cristiano".

O jornal alega que, "motivada pelas suspeitas de que ele a estaria a trair", Irina armou-se em detective para descobrir provas das referidas mensagens. "A relação deteriorou-se quando o casal organizou uma festa com amigos na sua casa em Madrid e Irina encontrou uma factura do telemóvel de Cristiano. Viu tantos números que não conhecia e foi ver de quem eram nas aplicações de mensagens.

Os melhores vídeos do dia

Para seu horror, descobriu que os perfis associados aos números estavam acompanhados de fotografias de mulheres de todo o globo", afirmou a fonte.

"Inicialmente, Ronaldo negou tudo", mas acabou por "admitir ter enviado mensagens às raparigas", prossegue a fonte, concluindo que "Ele não se desculpou muito. Ela nem podia acreditar e saiu imediatamente de casa". Acabou a relação ali. Curiosamente, a notícia não refere mais nada além das mensagens enviadas. O texto só refere que Irina namora agora com o actor de Hollywood Bradley Cooper.