Taylor Swiftnão se contenta com a designação de “princesa da pop”, esta quer ser mesmo arainha da música comercial. Para isso, segundo avança o site “Hollywood Life”,Taylor tem tentado assustar as suas concorrentes directas, a começar porMadonna e a sua grande rival Katy Perry. O seu grande êxito, “Bad Blood”, foium ataque pessoal a Katy, que teve como principal objectivo intimidar a suarival. A cantora já prepara uma resposta à altura com a ajuda do ex-namorado deTaylor Swift, John Mayer.

Adisputa de poder entre Taylor Swift e Katy Perry ainda agora começou. Ofendidapelo conteúdo do “single” Bad Blood, Katy quer dar uma resposta à altura ereentrar no topo das tabelas de vendas, destronando a actual hegemonia deTaylor Swift. Na verdade, segundo os site “Hollywood Life”, Taylor pretendedemonstrar a todo o mundo que é a mulher mais poderosa da indústria musical eque não tem medo de arriscar, nem de atacar directamente as suas adversárias.

“Com'Bad Blood', Taylor Swift quis demonstrar o seu poder na indústria, revelando àsua concorrência que não tem medo de arriscar num videoclipe caríssimo e com aparticipação de nomes sonantes em Hollywood, de todas as áreas do espectáculo.Para Taylor, bastou ligar às suas amigas e estas aceitaram imediatamente ajudara cantora, sem pedirem nada em troca e sem receberem um único tostão. Istodemonstra bem o poder actual de Taylor e o respeito que ela tem vindo a conquistarao longo dos últimos anos”, revelou a editora de entretenimento ao site “HollywoodLife”.

Comoresposta a este “ataque” e querendo voltar a assumir um papel importante erelevante no universo da Música pop, Katy Perry já está a preparar uma cançãoonde vai revelar os “podres” desconhecidos de Taylor Swift, mostrando ao mundoa verdadeira Taylor, com a preciosa ajuda do seu ex-namorado, o também cantorJohn Mayer. A luta pelo sucesso está ao rubro entre estas duas cantoras, queprometem não ficar por aqui, naquela que é uma das maiores rivalidades damúsica actual.

Katy Perry ou TaylorSwift: de que lado estão? Deixem as vossas opiniões na caixa de comentários embaixo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo