No programa da SIC Caras, "Passadeira Vermelha", Cláudio Ramos e Pedro Crispim criticaram e insultaram os "directioners" pelo seu comportamento para com Sara Sampaio. Desde que a modelo portuguesa foi associada a Harry Styles, dos One Direction, Sara tem vindo a receber milhares de mensagens de ódio nas redes sociais e os comentadores portugueses aproveitaram para atacar os fãs da banda. " São gentinha pequenina, malucos e perigosos", atirou Cláudio Ramos. As reacções às críticas não se fizeram esperar.

A conduzir o programa "Passadeira Vermelha", Liliana Campos bem tentou controlar os ânimos dos seus apresentadores, alertando-os para a gravidade dos seus insultos para com os "directioners", mas estes não tiveram qualquer pudor em revelar publicamente a sua opinião, atacando violentamente uma das maiores "fan bases" da história do mundo da música.

Quem começou as críticas foi Cláudio Ramos que classificou os "directioners" como sendo pessoas malucas e perigosas e que, daqui a dois anos, vão arrepender-se daquilo que fazem. "Elas só têm dor de cotovelo, são as mesmas malucas que se mutilam. A Sara Sampaio não tem uma relação com Harry Styles", afirmou o comentador.

Contudo, o pior ainda estava para vir. Pedro Crispim, claramente nervoso com toda esta situação desconfortável para com Sara Sampaio, demonstrou-se revoltado para com os fãs dos One Direction e atacou para todos os lados, insultando inclusive Harry Styles. " Daqui a uns anos ninguém se lembra destes cromos, os One Direction. Estas miúdas e miúdos são autênticos psicopatas, avaliam pessoas sem as conhecer. A Sara é muito gira, já ele é muito feio, até mete medo. Eu se o visse na rua fugia com medo de ser assaltado.

Os melhores vídeos do dia

A Sara Sampaio é reconhecida mundialmente e não precisa destas coisas", concluiu Pedro Crispim, completamente fora de si.

A edição de ontem do programa "Passadeira Vermelha" foi altamente comentada nas redes sociais, sobretudo no Twitter, onde centenas de "directioners" portuguesas mostraram estar estupefactas pelas afirmações e conclusões tiradas pelos comentadores portugueses. Conhecidos por defenderem os seus ídolos com unhas e dentes, com certeza os "directioners" não vão deixar passar este episódio em vão. Uma verdadeira tempestade promete abalar um dos programas líder do canal SIC Caras.