O rapperMic Righteous, amigo de Zayn Malik, afirmou no seu Facebook que o cantor estáproibido de lançar músicas até 2017. A razão para os seus empresários nãopermitirem que este lance o seu trabalho artístico está relacionado com asviolações que Zayn Malik cometeu quando abandonou repentinamente os One Direction.No contrato do cantor, que o ligava à banda, tinha uma cláusula para protegeros One Direction, no caso de que um dos seus membros decidisse sair. Será que Zayn Malikestá agora arrependido?

SimonCowell, com a sua inteligência empresarial, terá nos contratos de todos osmembros dos One Direction protegido a banda para o caso de que um destes fugisse equisesse, contra a vontade dos empresários da banda, iniciar uma carreira asolo. Ora esta é a razão para que Zayn Malik, desde que saiu dos One Direction,ainda não tenha divulgado nenhuma canção da sua autoria e tenha pedido aos seusamigos para que estes o façam por ele.

“O meuamigo Zayn queria muito que a música fosse lançada e, como eu participo namúsica “No Type”, em colaboração com ele, decidi ser eu a divulgar a música nasminhas redes sociais e no SoundCloud.

O Zayn confessou-me que os empresários dasua gravadora não deixam lançar nada até 2017, por causa do contrato que elefez com os One Direction”, lê-se no Facebook oficial do rapper Mic Righteous, ajustificar toda a polémica que o lançamento da música “No Type” provocou e quefoi rapidamente apagada pelos responsáveis pela editora discográfica actual de Zayn Malik,na qual Naughty Boy, seu produtor, trabalha.

Esta notíciavem estragar por completo todos os planos que Zayn Malik tinha para se lançarfinalmente a solo, visto que este e os seus produtores tinham planeado lançar oseu primeiro álbum no início do próximo ano.

Estará Zayn Malik disposto a ficarsem trabalhar naquilo que mais gosta durante mais de um ano e meio? Este sópoderá mesmo lançar música legalmente se continuar a ser um membro dos OneDirection. Será este um motivo suficientemente forte para o fazer voltar? Deixem as vossas opiniões em baixo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo