Advertisement
Advertisement

A carreira de Taylor Swift é cada vez mais um sucesso, mas a celebridade tem também outros objetivos de vida. A cantora deu recentemente uma entrevista à ITV, enquanto se prepara para dar o primeiro espetáculo no Reino Unido da "The 1989 World Tour". Durante a entrevista perguntaram a Taylor onde ela se vê daqui a 10 anos. Com o seu estatuto a cantora poderia estar a fazer qualquer coisa, mas ela sonha com algo mais pessoal. Swift admitiu à ITV que espera nessa altura já ter a sua própria família, mas também confessou que proteger os seus futuros filhos é uma preocupação, por causa da fama.

Taylor admitiu ainda que admira Angelina Jolie, por conseguir criar várias crianças longe dos holofotes. Além disso, ela admira a famosa atriz pela sua capacidade de "viver a sua vida não apenas com o objetivo de fazer dinheiro ou de conseguir os melhores negócios lucrativos", mas pelo que consegue dar em retorno.

Advertisement

Durante a entrevista perguntaram o que os fãs britânicos poderiam esperar durante os concertos. "Nós demorámos o dobro do tempo a organizar esta digressão… Eu sabia que as pessoas iriam querer um grande espetáculo. É isso que lhes vamos dar", respondeu a cantora de 25 anos. Tay tem preparado várias surpresas durante os seus concertos, como por exemplo, quando surgiu em palco a sua amiga Cara Delevingne. Para os seus concertos no Reino Unido, Swift admitiu que poderá haver algo inesperado. "Poderá haver possivelmente… mas o que é interessante sobre convidados surpresa é que eles são uma surpresa", afirmou, sorrindo.

A cantora foi eleita recentemente pela Forbes a mulher mais poderosa na indústria de entretenimento e o seu último álbum é um sucesso mundial de vendas. Swift, que lançou o seu primeiro single há 9 anos, apenas com 14 anos de idade, revelou que tem ganho maturidade ao longo dos últimos anos.

Advertisement
Os melhores vídeos do dia

"Eu tive tempo para me preparar mentalmente para este tipo de pressão e ritmo", afirmou. Taylor conta com a amizade de várias celebridades, como Ellie Goulding e Selena Gomez, e diz que conhecer essas pessoas fez com que gostasse ainda mais de estar na indústria da música. "Eu vou às cerimónias de entrega de prémios e sinto realmente que estou a ver muitos dos meus amigos e quantos mais amigos eu faço, que são fantásticos e interessantes e estão nesses eventos, menos parece que estou numa atmosfera estranha e competitiva", confessou a cantora.