O jornal “The Sun” afirmou recentemente que o motivo para que os One Direction fossem separar-se era o ódio entre Louis Tomlinson e Harry Styles. Porém, claramente transtornado e de cabeça perdida, Niall Horan ontem, dia 30 de outubro, usou as redes sociais para demonstrar toda a sua indignação e desmentir todos os rumores acerca da má relação entre os dois artistas. O irlandês garantiu que todos se dão como “irmãos” e que estas notícias apenas servem para criar um clima de negatividade entre a banda e os seus fãs.

Publicidade
Publicidade

“Nós estamos muito fortes”, escreveu Niall Horan, indignado.

De facto, quando surgiram os rumores de um alegado ódio entre Louis Tomlinson e Harry Styles, poucos foram os fãs que acreditaram no artigo do jornal britânico “The Sun”. Na verdade, para os “directioners”, Harry e Louis dão-se tão bem que estarão há já vários anos a esconder um relacionamento amoroso entre ambos. A crença de que os dois artistas têm um caso é tão grande na “fan base” que os fãs já inventaram inclusive uma expressão para o seu namoro: “Larry”.

Harry Styles e Louis Tomlinson são bons amigos.
Harry Styles e Louis Tomlinson são bons amigos.

Contudo, muito perturbado com o artigo, Niall Horan fez questão de usar as suas redes sociais para desmentir o jornal e aproveitou o momento para enviar uma mensagem positiva para os seus fãs. “Não acreditem em nada do que estão a ler neste momento. Nós estamos muito fortes e somos grandes irmãos. Mal posso esperar que vocês consigam ouvir aquilo em que temos vindo a trabalhar há tanto tempo. Obrigado pelo vossos apoio e amor incondicional”, escreveu Niall Horan, descansando desta forma alguns “directioners”.

Publicidade

Polémicas à parte, hoje, dia 31 de outubro, em Leeds, será o último concerto agendado dos One Direction, antes da enorme pausa que os quatro membros vão fazer em março de 2016, sobretudo para descansarem e investirem em novas carreiras e projectos. Para o último espectáculo estão prometidas surpresas especiais para os fãs presentes e, sobretudo, muita emoção na primeira grande despedida dos One Direction do seu público, depois de cinco anos sem pausas.

Leia tudo e assista ao vídeo