Adriana Lima desmentiu os rumores que garantiam que já tinha namorado com Justin Bieber no passado, confessando que este é muito pequeno para ela. Segundo avança o site “Hollywood Life”, em entrevista num talk-show, a famosa modelo da “Victoria Secret´s” não fugiu às polémicas lançadas pela imprensa internacional, garantindo publicamente que nunca teve qualquer interesse em namorar com o cantor.

Publicidade
Publicidade

“Homens abaixo dos 2 metros são considerados amigos para mim”, garantiu Adriana.

Em 2014, depois de ter terminado o seu namoro com Selena Gomez, Justin Bieber foi ligado diversas vezes a várias modelos da famosa marca de lingerie. Depois do cantor canadiano ter alegadamente assediado a modelo australiana Miranda Kerr, o que levou Orlando Bloom a agredir o jovem cantor numa discoteca, também Adriana Lima foi mencionada nos tablóides durante várias semanas como tendo um caso com Justin Bieber.

Adriana Lima desmentiu os rumores.
Adriana Lima desmentiu os rumores.

Os rumores de que ambos estavam a ter um “affair” começaram depois de terem sido vistos a sair de um espaço nocturno em Cannes já depois das cinco da manhã, tendo estado a falar durante várias horas, pouco tempo depois da modelo ter terminado o seu casamento, tal como informa o site “Hollywood Life”. Porém, a brasileira garante agora que ambos são somente amigos e que nunca vai passar disso, principalmente porque Justin Bieber é mais baixo que ela.

Publicidade

De facto, Adriana Lima prefere homens altos, visto que esteve casada durante vários anos com um jogador profissional de basquetebol, Marko Jaric, que é muitíssimo mais alto que ela. Contudo, nas redes sociais, alguns fãs brasileiros não gostaram da forma como a modelo abordou o assunto publicamente acerca de Justin Bieber, principalmente por esta ter dito que o cantor era pequeno, dizendo mesmo no talk-show qual era a altura dele. Pensam que também Justin Bieber levou a mal estas revelações da modelo?

Acham que faziam um bonito casal, apesar da diferença de estatura? Deixem as vossas opiniões em baixo na caixa de comentários.

Vídeo da entrevista:

Leia tudo