Problemas no paraíso? Uma nova informação afirma que Kanye West e Kim Kardashian tiveram uma discussão explosiva, depois dos comentários controversos de Kanye no Twitter. E, no final, ele teria deixado Kim, de acordo com o TMZ. Tudo isto acabaria por explicar a ausência de Kanye, ao lado da esposa, no Met Gala, em Nova Iorque, onde a beldade chegou sozinha, mas na qual teve a companhia das irmãs, Kendall e Kylie, da mãe, Kris Jenner, e também de várias amigas, como as fotos documentam.

Apoio de Kanye a Trump caiu mal nas Kardashian

A discussão teria começado depois da polémica troca de tweets de Kanye com Donald Trump, o presidente dos Estados Unidos da América.

Os comentários de Kanye sobre escravatura e a defesa pública de Trump deixaram muitas pessoas irritadas. John Legend até tentou chamar o amigo à razão, por SMS, mas o rapper acabou simplesmente por divulgar essas mensagens privadas.

A discussão pública ficou por aí, mas em casa, de acordo com o TMZ, as coisas foram muito piores do que isso. De acordo com uma fonte, Kim Kardashian ficou furiosa depois de Kanye ter declarado que “quando se ouve falar sobre a escravidão por 400 anos… isso soa como uma escolha”, e discutiram sobre o tema. De acordo com a fonte do TMZ, Kanye não gostou nada que Kim tentasse silenciá-lo. Ela queria travar a polémica, e que ele parasse com essas declarações, que a estavam a humilhar e a irritar os fãs dele.

A discussão foi séria e Kim teria ficado em lágrimas, quando Kanye a deixou e foi embora.

Vídeos destacados del día

"Ela sente-se mais humilhada do que nunca. As irmãs e a mãe estão a perguntar-lhe por quanto tempo mais ela vai aguentar Kanye", revelou a fonte.

Depois de serem pais pela terceira vez em Janeiro, este poderá ser o final do casal Kardashian-West. No momento, Kanye está em Wyoming a terminar o seu álbum, enquanto Kim está em Nova York, onde participou no Met Gala sozinha.

Casal separado, mas pode ser temporário

No entanto, de acordo com o HollywoodLife.com, este momento a sós pode ser decisivo para o futuro deles. E depois de assentarem ideias, eles poderão continuar juntos, apesar de mais este abalo no casamento.

A verdade é que o regresso às redes sociais de Kanye West não foi nada pacífico, e já nem é a primeira vez que isso acontece. Kim já admitiu, mais do que uma vez, os problemas de saúde mental do marido, e ele poderia estar a passar por mais um mau momento. Porém, uma vez mais, prevê-se que Kim venha a continuar ao seu lado.

A verdade é que, depois de tudo, este apoio de Kanye West a Donald Trump não favorece em nada a família Kardashian, que sempre esteve contra o presidente americano.

Aliás, Kanye perdeu muitos seguidores nas redes sociais desde que declarou esse apoio e até Kris Jenner se engasgou quando foi incitada a comentar o assunto. A sogra de Kanye estava no programa de televisão The Ellen DeGeneres Show, quando comentou: "Kanye tem muito amor por todos vocês, todos os seus fãs e todos os que estiveram sempre lá para apoiá-lo. E eu sei que ele se explicará do seu jeito. Eu acho que qualquer coisa que ele faça é sempre com boas intenções. Vou deixá-lo explicar-se quando ele estiver preparado".