Segundo seus criadores, tudo começou de forma muito despropositada: mais um podcast lançado na internet veiculado através das plataformas digitais Spotify, Deezer e Apple Podcasts (iTunes) e Google Podcasts. Assim surgia o Neri Talks, através da mente criativa do jornalista, músico e escritor Hebert Neri. Mas o que era, a princípio, um projeto paralelo pessoal rapidamente ganhou espaço e rompeu barreiras para lá dos limites do mundo virtual, a alcançar a rádio FM e curiosamente fazer o caminho oposto, do digital para o analógico.

Boa receção crítica

Com uma proposta um tanto diferenciada, que mostra sob um olhar bem humorado os acontecimentos da semana, que procura informar o ouvinte e ao mesmo tempo proporcionar divertimento, o Neri Talks caiu no gosto do público e da crítica.

Veiculado pela Rádio Limite em Castro Daire, no distrito de Viseu e pela Paivense FM em Castelo de Paiva, no distrito de Aveiro, o programa tornou-se num êxito no horário (sábados à tarde). Com um estilo dinâmico, próprio das redes sociais, que se aproveita dos memes da internet como ferramenta para a retórica e de sofisticados recursos de edição digital, o programa está a surpreender por trazer para o mundo analógico a linguagem da nova geração conectada.

Em conversa na cidade do Porto, o apresentador refere que também é o criador da ideia original e roteirista do programa. Neri revela que tira inspiração de tudo que o cerca para a argumentação: "o Neri Talks acaba por ser uma extensão das conversas que tenho com os meus amigos e conhecidos nos bares e cafés do Porto, Penafiel e Castelo de Paiva durante a semana, após regressar do trabalho", diz.

"Como sou jornalista, preciso estar sempre a par do que acontece ao meu redor, e tais acontecimentos sempre são assunto das conversas que tenho nestes ambientes. Então pensei em transportar esta mesma atmosfera informal e divertida para a internet, através dos podcasts, e daí surgiu o convite para fazer isto na rádio, o que me deixou muito contente e surpreso".

De acordo com Neri, "o que era um projeto pessoal acabou por se tornar algo muito maior e eu sou muito grato às estações de rádio que estão a acreditar comigo neste programa".

Temas do programa

O programa já falou de vários temas, desde o funk brasileiro em Portugal e a invasão dos memes na internet até a passagem de Greta Thunberg por Lisboa, emergência climática e do presidente brasileiro Jair Bolsonaro que chamou a jovem ativista de "pirralha".

A aproveitar-se das redes sociais, o programa dispõe de perfis oficiais no Instagram e no Facebook, onde os ouvintes podem interagir com o apresentador e até mesmo enviar sugestões de temas a serem abordados.

Recentemente, Neri entrevistou um dos participantes do The Voice Portugal, Hugo Vasconcelos: "este foi o programa de maior audiência. Pretendo fazer outras entrevistas com artistas locais, escritores, músicos, políticos e até mesmo pessoas comuns", explica. "Nas entrevistas procuro ir além do óbvio e extrair do convidado aquilo que outros jornalistas e apresentadores não costumam perguntar. O objetivo é transcender e mais do que entreter, trazer conteúdo de valor".

Não perca a nossa página no Facebook!